calda de agave
calda de agave

Mel ou calda de agave: qual é a melhor opção?

por Redação
em 23 de fevereiro de 2017

O mel e a calda de agave são adoçantes naturais que podem ser uma boa alternativa ao açúcar. Mas qual é melhor? Enquanto o primeiro é de origem animal, o outro é de origem vegetal, sendo uma ótima opção para os veganos. E aqueles que querem emagrecer? Qual é a melhor escolha?

Mel x agave

O mel é um alimento natural, obtido a partir do néctar das flores e das excreções das abelhas. O seu sabor é doce e ele tem três tipos de açúcares: glicose, frutose e sacarose. O mel também contém potássio, magnésio, sódio, cálcio, fósforo, ferro, manganês, cobalto e cobre, entre outros minerais. Por ter tantos nutrientes, é reconhecido por auxiliar no tratamento de algumas doenças. “Ele é ótimo para os males do sistema respiratório como bronquite, asma, dor de garganta e gripe, devido às suas características antibióticas e anti-sépticas”, explica a nutricionista  Angélica Grecco.

O mel tem três tipos de açúcares naturais: glicose, frutose e sacarose (foto: istock)

O mel tem três tipos de açúcares naturais: glicose, frutose e sacarose (foto: istock)

O consumo de mel também ajuda a regular o intestino e a eliminar algumas bactérias do organismo. “Ele melhora o processo digestivo pois possui enzimas que facilitam a digestão, reduzindo a prisão de ventre”, afirma a nutricionista. Mas cuidado para não exagerar. Ele possui 309 calorias a cada 100 gramas (o açúcar possui 387).

LEIA MAIS
Agave: adoça mais que o mel e tem menos glicose

Calda de Agave

Recentemente o mel ganhou um rival na busca ao posto de melhor substituto ao açúcar: a calda de agave, que é um adoçante natural, 100% vegetal e orgânico, e se tornou uma das queridinhas das musas fitness e nutricionistas. A calda tem aparência semelhante ao mel, mas é obtida a partir de uma planta mexicana conhecida como Agave Tequilana Weber ou Agave Azul. O seu sabor é bem parecido com o do açúcar, mas, por ser uma fonte natural de frutose, chega a ser cerca de 1,5 vezes mais doce que a sacarose. 

A calda de agave tem aparência semelhante ao mel, mas é obtida a partir de uma planta mexicana (foto: istock)

A calda de agave tem aparência semelhante ao mel, mas é obtida a partir de uma planta mexicana (foto: istock)

E as calorias? A quantidade é bem similar ao mel: a calda possui 310. Mas acaba sendo uma opção melhor pelo seu alto poder de adocicar, além de também ser rica em sais minerais como ferro, cálcio, potássio e magnésio. Outro ponto positivo da agave é ela ser livre de glúten e lactose. Assim, atende veganos, lactantes e celíacos. E a melhor notícia: “A calda tem uma carga glicêmica bem menor do que a do mel e a do açúcar. Isso significa que entra bem lentamente no sangue e não se transforma tão rápido em gordura”, ressalta Grecco.

Agora que você já sabe as principais diferenças, escolha a que atende melhor as suas necessidades e o seu paladar. Lembre-se de que ambos, mel e agave, são melhores alternativas do que o açúcar, que aumenta o risco de diabetes, obesidade, colesterol alto, gastrite e prisão de ventre. E atenção, pois como qualquer alimento, mesmo sendo saudáveis, os dois alimentos não podem ser consumidos em excesso, pois podem acarretar em ganho de peso.

Receitas com Agave

Receita de Panqueca de Banana 100% Integral
Receita de bolo de chia, aveia e castanha: sem glúten e com muito sabor
Receita de Picolé de frutas e Chia

Sugestão Jasmine

Ficou curioso para testar o agave? Na linha de adoçantes Jasmine você encontra a Calda de Agave e muitos outros produtos que podem fazer com que sua alimentação seja mais saudável: dos ingredientes para receitas de doces e salgados, aos snacks e bebidas. Experimente!

 


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!