alfarroba
alfarroba

Alfarroba: Descubra por que esse é um bom substituto do cacau

por Redação
em 8 de novembro de 2017

Nativa do Mediterrâneo, a alfarrobeira é uma espécie de vagem que tem ganhado espaço na culinária por ser uma substituta do cacau na preparação de receitas. De coloração marrom escura e sabor adocicado,  é um produto comumente usado na versão em pó e que concentra nutrientes importantes para o organismo.

Qual a diferença da alfarroba para o cacau?

O que mais diferencia esses dois produtos é a quantidade de dois de seus componentes. Enquanto o cacau concentra 23% de gordura, a alfarroba possui apenas 0,7%. Por outro lado, o cacau é mais pobre em açúcar (5% de sua composição), enquanto o alfarroba possui entre 38% e 45% de sacarose, glicose e frutose.

 

A grande vantagem da alfarroba em relação ao cacau é o fato de não possuir em sua composição elementos estimulantes e que podem causar reações, como a cafeína e a teobromina.

LEIA MAIS
Cacau ou Alfarroba: entenda suas semelhanças e diferenças
LEIA MAIS
Cacau: benefícios do principal ingrediente do chocolate

Quais os benefícios da alfarroba para o intestino?

É um alimento rico em fibras naturais, que protegem a floral intestinal e regulam o funcionamento do intestino. Com isso, o consumo colabora para reduzir casos de diarreias, desordens nutricionais, úlceras e ainda promove uma digestão mais saudável.

Quais os benefícios do alimento para o coração?

A alfarroba concentra bons níveis de gorduras poli-insaturadas, que são aquelas benéficas ao nosso organismo. Graças a isso, essa é uma boa opção para quem precisa reduzir o colesterol ruim (LDL) no sangue, prevenindo doenças cardiovasculares, como derrame e infarto. O magnésio e o potássio, também presentes na alfarroba, são dois nutrientes importantes para diminuir a pressão arterial e, assim, colaboram para evitar a hipertensão.

É verdade que a alfarroba também faz bem para a pele?

Isso mesmo. Por conter altos níveis de vitamina A e C, é um poderoso antioxidante. Isso faz com que seja evitado o envelhecimento precoce e garante que as células da pele se mantenham saudáveis e bem nutridas. Essas vitaminas ainda promovem a produção de colágeno, que ajuda a manter a pele firme.

Diabéticos podem consumir o produto?

As fibras também retardam o processo de digestão. Com isso, evitam-se os picos de glicose, que causam resistência à insulina e, por consequência, a diabetes tipo 2. Por tudo isso, é um alimento permitido aos diabéticos.

É indicado o consumo para grávidas?

Um dos minerais presentes na alfarroba é o magnésio. E o que isso tem a ver com a gravidez? É um nutriente essencial para evitar o risco de osteoporose e ainda colabora para aumentar o nível de tolerância à dor.

Como consumir a alfarroba?

A versão em pó desse produto pode ser usada na preparação de receitas variadas que, normalmente, levariam cacau, como tortas, bolos e outros doces variados.

Atenção: o seu consumo deve ser moderado, especialmente por pessoas com obstrução intestinal ou com estenose do esôfago ou do intestino.

Receita de Vitamina de Alfarroba

Anote uma receita prática e saudável para consumir a alfarroba em sua dia a dia.

Ingredientes:

Modo de preparo

Bata todos os ingredientes no liquidificador e sirva em seguida.

Sugestão Jasmine

Quer inserir o consumo de alfarroba na sua rotina alimentar? A Jasmine conta com o Gran Cookies Diet Aveia + Alfarroba e Amêndoas, um lanche saboroso e saudável para você comer entre as refeições principais do dia. Conheça nossa linha completa de produtos e invista em uma alimentação muito mais funcional para a sua saúde.


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!