Frutas cítricas: fontes de vitamina C que fortalecem o sistema imunológico

por tatiana.barros
em 26 de setembro de 2017

Frutas cítricas, como a laranja, a tangerina, o abacaxi e o limão, estão entre as mais consumidas em nossas terras tropicais e isso não poderia ser mais positivo para a nossa saúde. Esses vegetais são ricos em vitamina C, nutriente essencial para prevenir gripes e resfriados. Mas não apenas isso. As frutas que fazem parte do gênero citrus também são aliadas da nossa pele, cabelos, coração e muito mais. Conheça todos os benefícios desses alimentos para a saúde.

Quais os nutrientes das frutas cítricas?

Não é só a vitamina C que faz dessas frutas agentes poderosos para a manutenção da nossa saúde. Elas também são ricas em ácido cítrico, potássio, vitamina A e flavanoides (importantes para redução dos lipídios) e agentes antioxidantes que fortalecem o sistema imunológico. Por serem ricas em água, essas frutas ainda ajudam na hidratação do corpo.

LEIA MAIS
Conheça os tipos de frutas e seus benefícios
LEIA MAIS
Saiba quais são as principais frutas que emagrecem

Cascas e bagaços ainda são fontes de fibras, essenciais para o bom funcionamento do intestino e para a redução dos níveis de colesterol ruim no sangue.

Outros exemplos de frutas cítricas são lima, morango, acerola e kiwi.

Por que é importante consumir frutas cítricas durante gravidez e amamentação?

Nessas fases, a mulher necessita de uma quantidade maior de vitamina C (85 mg por dia na gravidez e 120mg na amamentação). Uma porção de 100g de frutas cítricas garante o aporte diário da vitamina.

No entanto, as lactantes precisam ficar atentas. Isso porque as fibras presentes nessas frutas podem provocar desconforto abdominal no bebê. Caso isso aconteça, é melhor consultar o médico ou nutricionista e investir no consumo de outras fontes dessa vitamina, como a cenoura.

Quais os benefícios dessas frutas para a pele?

Os antioxidantes desempenham um papel importante para a saúde da pele. Isso porque eles removem as células mortas e evitam o envelhecimento precoce. Com isso, é retardado o surgimento de rugas, marcas de expressão, flacidez e manchas. Essas frutas ainda ajudam as unhas, uma vez que a vitamina C as fortalece e faz com que cresçam de forma saudável e mais rapidamente.

Como usar essas frutas para tratamentos de beleza caseiros?

A pele não se beneficia apenas com a ingestão dos cítricos.  Vale ainda fazer misturas caseiras que são super eficientes, inclusive com partes normalmente descartadas desses alimentos. Você pode, por exemplo, usar as cascas. Para isso, seque-as bem e passe-as em um moador. Use esse pó como esfoliante corporal ou ainda acrescente leite e passe no rosto, para garantir mais brilho.

Se você tem histórico de hipersensibilidade ou alergia na pele, consulte um dermatologista antes de aplicar nossas sugestões caseiras.

Confira abaixo outra receita de máscara facial para evitar o ressecamento.

Ingredientes:

  • 5 colheres (sopa) de Farelo de Aveia Jasmine
  • 5 colheres (sopa) de mel de flor de laranjeira
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 1 tangerina

Preparação:

Extraia o suco da tangerina e misture com o farelo de aveia, o mel e o azeite. Aplique sobre o rosto e massageie suavemente, com movimentos circulares. Deixe agir por dez minutos e lave bem em seguida. Repita o procedimento duas vezes por semana.

Os cabelos também podem se beneficiar com o uso desses vegetais. Para isso, esprema duas laranjas e misture com duas bananas amassadas. Acrescente ainda cinco colheres (sopa) de mel aquecido. Aplique a máscara nos cabelos úmidos e deixe agir por duas horas. Depois, lave os fios normalmente.

Se você sofre com caspas, o limão pode ser um grande aliado nesse combate. Para isso, basta espremer o suco do limão em um copo com água e aplicar no couro cabeludo. Esfregue bem e deixe agir por 30 minutos. Isso ativará a circulação sanguínea nessa região.

Atenção: não se exponha ao sol enquanto estiver com esses produtos, para evitar queimaduras. Sempre enxágue muito bem antes de sair ao ar livre.

As frutas cítricas previnem doenças cardíacas?

Sim. Para começar, essas frutas são ricas em ácido cítrico, que melhora a viscosidade do sangue, o que reduz as chances de infarto. Além disso, também são fontes de ácido fólico, que diminui a quantidade de uma substância chamada homocisteína, que aumentam os riscos de doenças cardiovasculares em doses elevadas .

As frutas cítricas ainda ajudam a baixar os níveis de colesterol ruim e eliminam o excesso de cálcio nas artérias e no pâncreas, o que evita o risco de cálculos renais.

As frutas cítricas ajudam no tratamento de dor de garganta?

A vitamina C e os antioxidantes são essenciais para o fortalecimento do sistema imunológico. Isso faz com que o nosso corpo fique mais resistente a gripes e resfriados e, portanto, essas frutas devem ser usadas como preventivas. No entanto, também podem ser usadas para aliviar sintomas. Uma xícara de chá de limão é uma boa ajuda.

É verdade que essas frutas são boas para a digestão?

Sim. Não é apenas por causa do sabor que a laranja é o acompanhamento perfeito da feijoada e o abacaxi cai tão bem com o churrasco. Isso acontece também porque as frutas cítricas ajudam na digestão e evitam aquela sensação de estômago pesado e náuseas, após uma refeição gordurosa.

Por que elas auxiliam na perda de peso?

Além de todos os benefícios citados, as frutas cítricas ainda auxiliam na perda de peso, uma vez que são ricas em fibras que promovem a saciedade e reduzem a absorção de gorduras. Isso acontece porque as fibras solúveis fazem com que o açúcar seja absorvido mais lentamente. Isso também é uma vantagem para quem tem diabetes.

Como consumir as frutas cítricas?

Como a vitamina C perde suas propriedades em altas temperaturas, o indicado é sempre consumir essas frutas cruas. Por isso, receitas de tortas e bolos com esses ingredientes não contêm essa vitamina. Ao preparar sucos, coloque na geladeira com tampa, para também evitar a perda de nutrientes.

Quando se trata do limão, uma boa dica é preparar sucos e outras receitas com a sua casca, que concentra uma substância chamada limoneno. Ela tem uma potente ação antioxidante e anti-inflamatória. Já no caso da laranja, a dica é sempre consumi-la com bagaço, incluindo a parte branca, onde há maior concentração de fibras. O mesmo vale para a mexerica (também conhecida como tangerina ou bergamota).

As frutas cítricas ainda são bons ingredientes para o preparo de molhos de salada, sobremesas, temperos de carnes, guarnições e drinks.

E não se esqueça: evite sempre manusear e consumir essas frutas enquanto se expõe ao sol, uma vez que isso pode causar queimaduras e manchas na pele.

Sugestão Jasmine

A Jasmine também aposta nos benefícios das frutas cítricas em nossos produtos. Por isso, desenvolvemos os cookies integrais nos sabores limão e laranja, além da opção sem glúten de laranja e mel.

 

 

 

 


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!