Ciclismo
Ciclismo

Ciclismo esportivo: aposte nesta prática para viver bem!

por Redação
em 26 de julho de 2017

A bicicleta é um dos meios de transporte mais eficientes e menos poluentes e uma excelente alternativa ao trânsito caótico das grandes cidades. Mas o ciclismo também é uma atividade física que traz muitas vantagens para a saúde. Entre elas, melhora a circulação e a oxigenação do sangue, atua na prevenção de doenças cardiovasculares, contribui para o controle do diabetes, diminui a ocorrência de doenças crônicas e ajuda a combater o estresse.

Fabiano Barbosa, educador físico e praticante de triatlo há 11 anos, reforça os benefícios das pedaladas para a saúde física. “Pedalar também fortalece os membros inferiores, aumenta a capacidade pulmonar e gera alta queima calórica, dependendo da intensidade e frequência da prática”, aponta. Segundo ele, a cada hora de treino pode-se queimar de 600 a 800 kcal.

Muito procurado por quem quer ganhar condicionamento físico, o ciclismo é uma prática saudável que trabalha todas as partes do corpo, movimentando pernas, glúteos, abdômen e músculos da região lombar. Melhora, inclusive, a postura dos praticantes.

Primeiras pedaladas

Para quem vai começar nas pedaladas, o passo inicial é verificar se a saúde está em dia. “Primeiramente, é preciso realizar exames médicos e cardiológicos. Depois, recomendamos a instrução de um educador físico com experiência, que fará a iniciação ao esporte e indicação de equipamentos e acessórios adequados”, recomenda Fabiano.

Acessórios e segurança

Utilizar todos os aparatos necessários para garantir uma prática esportiva segura é fundamental. O CONTRAN prevê no Artigo 105 do Código de Trânsito a obrigatoriedade do uso de equipamentos de proteção. Eles são essenciais para proteger o ciclista em casos de acidentes. Os principais itens são:

  • Capacete com protetor de nuca;
  • Óculos de proteção de qualidade;
  • Luva resistente, acolchoada e com um tecido funcional ventilado;
  • Joelheira, especialmente para quem pratica mountain bike;
  • Coxal compressor, para evitar lesões na coxa.
LEIA MAIS
Mountain Bike: exercícios e aventura sobre duas rodas!
LEIA MAIS
8 benefícios de andar de bicicleta

A sinalização é outro ponto importante para garantir a segurança, especialmente para pedaladas noturnas. Confira os itens que não podem faltar.

  • Campainha posicionada no guidão da bicicleta;
  • Refletores fixados o mais baixo possível para refletir a luz que vem dos faróis de outros veículos;
  • Lanternas com luz própria, fixadas na traseira da bicicleta, atrás do selim;
  • Farolete fixado próximo do guidão, entre ele e suspensão da roda dianteira, na ferradura que une as duas peças;
  • Espelho retrovisor, para proporcionar uma visão traseira.

É essencial também escolher roupas confortáveis e adequadas ao tipo de modalidade de ciclismo que irá praticar. É preciso ainda usar tênis com solas aderentes para que não escorreguem no pedal.

O que fazer antes de montar na bicicleta

A dica vale não apenas para o ciclismo, mas sim para qualquer outra atividade física: fazer o aquecimento e o alongamento.

Aquecimento: É uma técnica de preparação do corpo para uma atividade intensa que ajuda o atleta nos movimentos corporais e na prevenção de futuras lesões.

Alongamento: Engloba exercícios que melhoram a flexibilidade muscular e aumenta o desempenho das articulações. Também é uma forma de corrigir a postura, evitar lesões, relaxar e ativar a circulação sanguínea.

É importante também realizar exercícios de respiração, como forma de preparar os músculos. Eles promovem relaxamento e ajudam a estabelecer um bom ritmo de pedaladas.

Principais Modalidades do Ciclismo

Quer começar a praticar o ciclismo? Confira as principais modalidades que fazem parte desse esporte.

Speed: É a modalidade mais convencional para corridas internacionais e também conhecida como “ciclismo de estrada”. Usa uma bicicleta apropriada para a estrada e o asfalto, mais leve e mais veloz, com selim mais alto do que o guidão. Não é uma prática indicada para iniciantes, uma vez que os pneus finos com alta pressão diminuem a aderência ao solo.

Mountain Bike: A modalidade mais popular no Brasil. Ela proporciona um contato maior com a natureza, em diferentes terrenos e paisagens, uma vez que é praticada em trilhas. Usa bicicleta que tem pneus largos com cravos, para oferecer maior estabilidade em terrenos irregulares. A bike conta com sistema de amortecimento, suspensão dianteira e traseira. Em alguns casos, não tem suspensão.

Passeio: Essa é a prática urbana, ideal para quem deseja andar de bicicleta apenas como um hobby ou como meio de locomoção. As bicicletas são mais confortáveis, com pneus mais finos e sem cravos, para oferecer maior eficiência para pedalar no asfalto.

Ciclismo de Pista: Presente nos Jogos Olímpicos, essa modalidade é disputada dentro de um velódromo. A bike para esse tipo de competição é bem diferente: não possui freios e tem o pinhão traseiro fixo. Os pneus são tubulares e isso quer dizer que, quando furam, demoram mais para murchar.

BMX: Existem dois tipos de disputa nessa modalidade. Uma ocorre no terreno acidentado e tem o nome de BMX Racing. A outra é a BMX Freestyle, que se caracteriza por manobras feitas sobre a bicicleta. No primeiro tipo, é utilizada uma bicicleta de aro 20 ou 24, mais leve, para melhor desempenho e velocidade. Já a bike de Freestyle conta com itens de maior durabilidade e resistência, o que a torna mais pesada.

Alimentação ideal para pedalar

A alimentação é essencial para fortalecer os músculos de quem quer fazer do ciclismo seu esporte. Alimentos fontes de carboidratos, gorduras boas e proteínas não podem faltar, lembrando sempre que a proporção desses itens varia de acordo com as necessidades de cada praticante. “Para realizar o movimento muscular, utiliza-se principalmente carboidratos e gordura. Já para a reparação do tecido muscular, as proteínas”, orienta o preparador físico.

Além dos exames de saúde antes de iniciar a atividade física, é recomendado também consultar um nutricionista, que pode indicar a melhor dieta para esse esporte, de acordo com cada perfil.

Sugestão Jasmine

A prática do ciclismo rende mais com uma alimentação saudável, rica em vitaminas, fibras e minerais. Para isso, a Jasmine oferece várias alternativas saudáveis, como os Snacks que, além de dar energia e disposição para os treinos, têm sabor irresistível.

 

 


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!