cebolas
cebolas

Cebola: Tempero natural que fortalece o organismo

por tatiana.barros
em 4 de outubro de 2017

Ela é do tipo “ame-a ou deixe-a”. Enquanto muitos não conseguem cozinhar sem esse ingrediente que faz toda diferença em uma receita, outros não suportam seu sabor e sua textura. O fato é que ninguém é indiferente à cebola, um tempero natural que confere personalidade extra ao prato e que ainda oferece diversos benefícios para a saúde. Suas vantagens são conhecidas há mais de 4.000 anos e os antigos egípcios já a usavam para o tratamento de diversas enfermidades.

Quais as propriedades nutricionais da cebola?

É um vegetal rico em antioxidantes como fenóis e flavonoides, nas vitaminas A, C e do Complexo B e em minerais, como ferro, cálcio, zinco, manganês e magnésio. Também possui uma alta concentração de água e fibras, que melhoram o funcionamento do intestino e ajudam a eliminar toxinas do nosso corpo.

LEIA MAIS
Temperos naturais para um cardápio mais saudável
LEIA MAIS
Os benefícios do alho: Por que investir nesse tempero natural

Quais os benefícios da cebola para o coração?

A quercetina é um tipo de flavonoide, antioxidante que ajuda a reduzir o nível de colesterol ruim (LDL) e a elevar o nível de colesterol bom (HDL). Além disso, ela melhora o fluxo sanguíneo, o que evita obstruções nas artérias. Tudo isso é importante para prevenir problemas cardiovasculares, como o infarto e o derrame.

A cebola é um desintoxicante?

Sim. A cebola conta com uma série de aminoácidos, como metionina e cistina, que possuem a missão de eliminar do nosso organismo metais nocivos, como mercúrio, cádmio e chumbo.

De que forma ela melhora a digestão?

O vegetal é rico em fibras alimentares, que têm como função promover a digestão correta e colaborar para o bom funcionamento do intestino. Isso é especialmente importante para evitar problemas como a constipação.

cebola

Foto: Istock/Getty Images

A cebola pode ajudar na perda de peso?

Além de fazer o intestino funcionar de forma adequada, as fibras promovem saciedade, ao retardar a digestão. Isso faz com que a sensação de fome demore mais para voltar e, consequentemente, come-se menos. Além disso, as fibras eliminam toxinas que, em excesso, promovem inflamações que fazem com que gorduras sejam acumuladas.
Mas não é só isso que o consumo de cebola provoca. A quercetina acelera o metabolismo, o que estimula a queima de gordura. E mais: Uma xícara de cebola picada possui apenas 64 calorias, o que faz dela uma ótima opção para quem está de dieta.

Esse também é um vegetal benéfico para a pele?

Já pensou em aplicar a cebola na pele para curar espinhas? Pois é! Pode parecer estranho, mas esse é um dos poderes do alimento. Fazer massagens na pele com o suco fresco da cebola ativa a circulação, o que a deixa mais macia e saudável. E, como se sabe, esse é um alimento rico em vitamina C, que auxilia na produção do colágeno, que dá firmeza à pele.

O suco da cebola também ajuda a controlar a queda de cabelos. Para isso, basta bater uma cebola com ½ colher de mel e umas gotas do óleo essencial que preferir no liquidificador. Aplique sobre o couro cabeludo e espalhe bem por todos os fios. Deixe agir durante a noite e enxágue na manhã seguinte. Repita duas ou três vezes por semana.

Caso você tenha histórico de alergias ou hipersensibilidade de pele, consulte um médico antes de aplicar as receitas caseiras.

De que forma a cebola controla a glicemia?

O cromo é um mineral que aumenta a tolerância das células à glicose. Com isso, evita a resistência à insulina. O resultado disso é a prevenção da diabetes tipo 2, além de controlar aquele desejo forte de comer doces.

Quais as diferenças da cebola branca para a cebola roxa?

As diferenças entre esses dois tipos vai além da cor e do sabor. A roxa possui uma substância chamada antocianina, responsável por sua cor. Por ser um poderoso antioxidante, a antocianina promove diversos benefícios ao nosso organismo. Esse composto melhora a visão, protege o coração, reduz a pressão arterial e previne o desenvolvimento de doenças degenerativas, como perda de memória. E mais: a cebola roxa ainda possui uma grande quantidade de outro antioxidante poderoso, que é a quercetina.

Como evitar a ardência nos olhos ao descascar cebola?

Muita gente não suporta descascar esse alimento por causa da ardência que causa nos olhos. Ao cortá-la, são rompidas suas células e, assim, liberadas enzimas que deixam os olhos lacrimejantes. Confira algumas ações simples que podem evitar esse efeito.

  • Antes de descascar a cebola, lave-a em água fria ou descasque em água corrente.
  • Use uma faca bem afiada. Isso reduz a liberação das enzimas que causam a irritação.
  • Deixe a cebola no freezer por 15 minutos antes de descascá-la ou leve o vegetal ao microondas por 40 segundos.

Sugestão Jasmine

Você faz parte do grupo de pessoas que ama o sabor marcante da cebola? Então não pode deixar de experimentar o nosso delicioso Biscoito Integral de Cebola. Tem baixo teor de gorduras saturadas e é livre de gordura trans. É fonte de fibras, ferro, vitaminas A, C, D e E.


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!