Açúcar Refinado x Açúcar Mascavo
Açúcar Refinado x Açúcar Mascavo

Diferenças entre açúcar refinado e açúcar mascavo

por Redação
em 29 de março de 2017

Falou açúcar, lembrou doce! Esse é o poder desse alimento tão querido: dá prazer ao paladar e adoça até aqueles dias mais complicados da vida. Por outro lado, leva a culpa pela obesidade de um tanto de gente e vem sendo banido aos poucos de algumas receitas. Mas não é preciso radicalismo. Antes de tirá-lo do cardápio, entenda as diferenças entre o açúcar refinado e o mascavo e se permita algumas colheradinhas.

Diferenças entre o açúcar refinado e mascavo

Refinado

O açúcar refinado é o açúcar branco, comum. Ele é processado a partir do melado de cana-de-açúcar ou do açúcar mascavo. Inicialmente apresentado na cor marrom, o açúcar refinado recebe uma série de produtos químicos que alteram sua cor e sabor para que ele fique claro e uniforme. Consequentemente, o processo de refinamento faz com que o produto perca suas vitaminas e sais minerais, o que o transforma em um alimento com calorias vazias, ou seja, sem nutrientes.

LEIA MAIS
Açúcar mascavo: vantagens em relação ao refinado e ao demerara
LEIA MAIS
Adocique com o Açúcar Fit!

O consumo excessivo do açúcar refinado pode causar obesidade, diabetes e complicações como a síndrome metabólica e a resistência à insulina.

Uma forma de incluir o açúcar mascavo na dieta é adicioná-lo no lugar do refinado a receitas de bolos, pães e tortas (foto: istock)

Uma forma de incluir o açúcar mascavo na dieta é usá-lo no lugar do refinado em bolos, pães e tortas (foto: istock)

Mascavo

O açúcar na versão mascavo é aquele que chega ao consumidor em sua forma bruta, escura e úmida, extraído depois do cozimento do caldo-de-cana. Como não passa pela etapa de refinamento, esse produto conserva um pouco de seus nutrientes, como o cálcio, fósforo, ferro, sódio, potássio, magnésio, cobre e selênio, vitamina B5, B6, Acido Fólico e Niacina.

Também conhecido por açúcar bruto, o açúcar mascavo pode ser encontrado nas cores marrom claro e marrom escuro e pode ser utilizado da mesma maneira que o açúcar comum. Com “mais personalidade” do que a versão refinada, ele tem gosto forte e interfere no sabor dos alimentos.

Do refinado para o mascavo

Para aqueles que pretendem substituir o açúcar refinado pelo mascavo, o primeiro ponto é fazer essa mudança de forma gradual. Uma das dicas é iniciar seu uso no café com leite. Misturado com a bebida, o gosto característico do açúcar mascavo fica mais leve. Outra forma de incluir o açúcar mascavo na dieta é adicioná-lo no lugar do açúcar refinado em diversas receitas, como de bolos, pães e tortas (salgadas e doces).

Assim como o refinado, o mascavo também deve ser consumido com moderação: a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que o consumo permaneça em até 10% das calorias diárias. Ou seja, se um adulto consome 2.500 calorias diárias, não pode ultrapassar 250 calorias de açúcar ao dia.

Sugestão Jasmine

Em nossa linha de produtos temos o Açúcar Mascavo Orgânico. Integralmente natural, ele não passa pelo processo industrial de refinamento e não possui nenhum aditivo químico em sua composição, sendo a melhor opção para substituir o açúcar branco, que é tratado quimicamente. Acompanhe o site da Jasmine e também fique por dentro de receitas que usam o açúcar mascavo em sua composição.

Receita Jasmine:

 

Receita de Cocada Integral com Açúcar Mascavo

 


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!