amendoim
amendoim

Amendoim: tira-gosto aliado da dieta

por tatiana.barros
em 29 de março de 2018

O amendoim é um dos aperitivos mais consumidos pelo brasileiro para acompanhar uma cerveja gelada, seja em casa ou em um bar. E embora seja visto apenas como um petisco calórico, a verdade é que ele pode te ajudar a manter a forma e não sair da linha na dieta, sabia?

Por que o amendoim ajuda a emagrecer?

É claro que ele não é nenhuma fórmula mágica para a perda de peso, até porque isso não existe. O que acontece é que, embora seja rico em gordura, se consumido em moderação, ajuda nesse objetivo. De que forma? Porque trata-se de um alimento rico em fibras que, não é novidade, prolongam a sensação de saciedade. Por conter também proteínas, carboidratos e gorduras, é como se fosse uma refeição completa.

LEIA MAIS
Lanches integrais: Por que investir em pequenas refeições durante o dia?
LEIA MAIS
Fibras alimentares: ajudam no emagrecimento e na digestão

E outra coisa que faz com que retarde a fome é o fato de que é necessário mastigar muito o amendoim. Esse movimento ativa o centro cerebral que controla nossa saciedade e por isso faz com que demoremos mais para sentir fome novamente. É a mesma lógica do motivo que faz com que comer devagar ajude na perda de peso.

O amendoim ajuda no ganho de músculos?

Pode-se dizer que sim. Ele contém boas quantidades de proteínas, que são responsáveis pela construção muscular. E quem pratica atividades físicas que buscam a hipertrofia (ganho de massa magra), como a musculação, deve ingerir boas doses de proteínas. Além disso, ajuda a conferir mais energia e disposição para realizar o treino, o que afeta positivamente os resultados.

O amendoim é bom ou ruim para o colesterol?

Essa é uma dúvida comum. Muita gente acha que, por ser fonte de gorduras, o alimento aumenta os níveis de colesterol. Mas é justamente o contrário! Em doses moderadas, o alimento reduz o LDL (colesterol ruim), o que mantém as artérias saudáveis e previne doenças cardiovasculares, como infarto, derrame e hipertensão.

O consumo desse alimento é benéfico para o cérebro?

Sim. Isso porque o amendoim possui boas quantidades de niacina, que é a vitamina B3. Esse nutriente é essencial para o sistema nervoso e para combater o desenvolvimento de doenças degenerativas, como o Alzheimer. 20g de amendoim concentra 15% da ingestão diária recomendada para a niacina.

O amendoim ajuda a prevenir cálculo biliar?

Esse é um problema caracterizado por partículas sólidas de bile na vesícula biliar, comum em mulheres acima de 40 anos, que tiveram várias gestações ou são portadoras de diabetes tipo 2, entre outros fatores de risco. O consumo regular de fontes de gorduras monossaturadas, como o amendoim, está entre as melhores formas de prevenir essa doença em até 25%.

Pessoas com diabetes podem consumir amendoim?

Esse é um alimento que pode ajudar, inclusive, na prevenção da doença. Por ter baixo índice glicêmico e ser rico em fibras, ele é digerido lentamente pelo organismo. Com isso, não há um aumento nos níveis de açúcar no sangue. Alguns estudos defendem que consumir amendoim cinco vezes por semana reduz em quase 30% as chances de desenvolver a diabetes tipo 2.

O amendoim pode causar alergia?

Se mal armazenado, o alimento pode apresentar uma micotoxina chamada aflatoxina, presente em fungos e que se aloja na casca do amendoim. Especialmente quem tem sensibilidade a essa substância pode apresentar reações alérgicas e sofrer danos no fígado ao consumir amendoim. No entanto, o óleo de amendoim não possui aflatoxina e, portanto, pode ser ingerido, inclusive, por quem tem alergia.

De que formas o amendoim pode ser consumido?

Há diversas maneiras de se consumir essa leguminosa, mas atenção: fuja daquelas versões coloridas vendidas em mercado, que são carregadas de sal. Como se sabe, o consumo excessivo de sódio aumenta o risco de hipertensão, entre outros problemas de saúde.

Para ter certeza de que irá comprar amendoins de qualidade, compre opções para torrar em casa e verifique se a marca possui o selo da Fundação Pró-Amendoim, responsável por fiscalizar todas as etapas de produção do alimento.

Mas não é apenas como tira-gosto que o amendoim pode ser consumido. Ele também é um bom ingrediente para compor saladas, doces (quem não gosta de pé-de-moleque?), receitas salgadas e preparações mais elaboradas, como o frango xadrez.

Ele também pode ser encontrado em outras formas, como pasta ou manteiga, especialmente consumida nos Estados Unidos, onde é muito popular. Essa pasta serve, inclusive, para ser usada como recheio de bolos, tortas, ou acompanhar frutas.

Sugestão Jasmine

Como podem ver, são diversos os motivos para você consumir amendoim! Não é a toa que o ingrediente está presente em alguns dos produtos Jasmine. O Mix Sementes e Nuts é um snack reúne amendoim, soja tostada, amendoim, flocos de cereais, castanhas de caju e do Pará, amêndoas, linhaça dourada e quinoa em grãos.

Temos também a linha Trail Marroquino e Mexicano, boas opções de lanches entre as refeições, por serem fontes de fibras, que conferem maior saciedade.

Conheça nossa linha completa de produtos e invista em uma alimentação muito mais saudável!


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!