Abóbora
Abóbora

Abóbora: da polpa à semente, uma opção saudável para o organismo

por tatiana.barros
em 2 de dezembro de 2017

Seja na sopa, na versão purê, como ingrediente de doces ou de tantas outras formas. A abóbora é um daqueles ingredientes curingas para se ter na cozinha e assim criar as mais diversas receitas. O melhor de tudo é que, além de ter um sabor bem característico, ela ainda é extremamente nutritiva e, por isso, não faltam razões para incluí-la na rotina alimentar.

Quais as propriedades nutricionais da abóbora?

Uma porção de abóbora concentra toda a necessidade diária de vitamina A do nosso organismo, 20% do que precisamos de vitamina C e mais de 10% de vitamina E. Além disso, ainda é rica em fibras, vitaminas do complexo B e minerais importantes, como potássio, cobre, cálcio e fósforo.

LEIA MAIS
Conheça os benefícios da semente de abóbora para a sua saúde
LEIA MAIS
Receita de creme de abóbora com frango

Ela faz bem para a visão?

O pigmento responsável por dar a cor alaranjada à abóbora é o betacaroteno, que é transformado em vitamina A. É aí que os olhos e a visão são beneficiados. Isso porque essa vitamina é um poderoso antioxidante natural que age cuidando da manutenção da visão. Estudos mostram que alimentos ricos em vitamina A têm o poder de desacelerar doenças degenerativas que levam à cegueira. E mais: a abóbora também concentra um antioxidante chamado zeaxantina, que filtra os raios ultravioletas na retina dos olhos.

Quais os benefícios do alimento para o coração?

A abóbora também é rica em potássio, mineral essencial para reduzir os níveis de sódio no organismo. E como se sabe, é o excesso de sódio que causa problemas graves, como a hipertensão. Essa substância é importante também para a prevenção de outras doenças cardiovasculares, como derrame. O consumo regular desse vegetal também promove o relaxamento dos vasos sanguíneos e evita o acúmulo de gordura nas suas paredes, assim como as fibras controlam os níveis de colesterol no sangue.

O consumo de abóbora ajuda na perda de peso?

Reforçamos sempre que nenhum alimento por si só tem o poder de emagrecer. O que acontece é que alguns, dentro de uma dieta variada e balanceada, podem colaborar para esse objetivo. E esse é o caso da abóbora. Isso porque trata-se de um alimento com baixo nível calórico e rico em fibras. E são essas fibras que prolongam a digestão, conferem a sensação de saciedade por mais tempo e assim fazem com que a pessoa coma menos. Logo, a consequência é a perda de peso. Outra importante função das fibras é manter os níveis de glicose no sangue estáveis, o que evita a resistência da insulina, assim como o acúmulo de gorduras, especialmente na região abdominal.

Por que ela é benéfica para a saúde sexual do homem?

Outro mineral presente na abóbora é o zinco, determinante para a saúde masculina. Isso porque é esse nutriente que regula a produção de hormônios que são responsáveis pela fertilidade, ereção e desejo sexual.

A abóbora também melhora a saúde da mulher?

Alimentos ricos em ferro, como é esse caso, melhoram o nível de fertilidade nas mulheres. Já a vitamina A tem importante participação na síntese de hormônios durante a gravidez e o período de amamentação. O alimento também pode ser um aliado para aliviar os sintomas típicos da menopausa.

Por que esse é um bom alimento para a dieta de bebês?

Se o seu bebê já está na fase de começar a experimentar vegetais, a abóbora é um dos melhores alimentos para introduzir na dieta. Ela contém nutrientes importantes para o desenvolvimento dos pequenos, como vitaminas, betacaroteno, potássio, proteína e ferro. A sugestão é fazer um purê de abóbora que, por ter um sabor adocicado e textura cremosa, agrada mais facilmente o paladar da criança. Além disso, essa é uma opção prática para as mamães, uma vez que a papinha pode ser congelada para ser consumida depois.

Quais os benefícios da semente de abóbora?

A grande maioria das pessoas ainda descarta a semente da abóbora, ignorando por completo a riqueza de nutrientes que essa parte concentra. Os benefícios são diversos e incluem a redução do estresse, pois02 a semente contém triptofano. Esse é o aminoácido que é convertido em serotonina, neurotransmissor que reduz o estresse e a ansiedade e controla o apetite, o sono e o humor.

Essa parte, que é um verdadeiro tesouro nutricional, também é rica em fibras e ácidos graxos monoinsaturados e fitoesteróis, que são essenciais para o aparelho cardiovascular, por reduzir a absorção de colesterol, e para a pele. Elas também são fontes de minerais e vitaminas.

Uma forma de se consumir essas sementes é tostar ou assar. Para isso, basta colocar em fogo baixo, por cerca de 15 minutos, e mexer constantemente para não queimá-las. Mas vale ainda ingeri-las cruas, versão que preserva todas as suas gorduras saudáveis. Para isso, basta espalhar as sementes em uma forma e deixá-las secando ao sol.

A flor da abóbora pode ser consumida?

Essa é uma prática comum em algumas regiões do Brasil apenas. Mas vale consumir as flores e brotos refogados, como ingredientes de sopas e até farofas. Para inovar ainda mais no cardápio é possível, até mesmo, preparar a flor à milanesa, ou frita em tiras, com cebola, alho e azeite.

A flor também concentra cálcio e fósforo, minerais importantes para o crescimento das crianças e para a prevenção de doenças nos ossos, como a osteoporose. Elas ainda ajudam na formação dos glóbulos brancos, que são os responsáveis pela resposta imunológica do nosso organismo.

Sugestão Jasmine

Falando nessa sementinha super saudável para o nosso organismo, ela também faz parte da nossa linha de produtos! Vale a pena incluir na sua alimentação o Mix de Sementes Tradicional, um snack que inclui semente de abóbora descascada, soja tostada, semente de girassol descascada, flocos de cereais, linhaça dourada, quinoa em grãos e fibra natural solúvel.

 


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!