Evolução Plena
Evolução Plena

Frequência do Amor: Como se reconectar com a sua essência

por tatiana.barros
em 16 de novembro de 2017

Não importa em que área seja, a busca pela evolução pessoal é um dos objetivos a serem alcançados ao longo da vida. É impossível pensar em evoluir sem conhecimento:  é um caminho que exige estudo e uma autoconexão profunda. Para ajudar nessa jornada, a coach Paulinha Oliveira criou o Frequência do Amor.

 Frequência do Amor

A mineira Paula uniu seu trabalho com medicina integrativa e coach para criar esse projeto. A ideia é desenvolver ferramentas que ajudem o ser humano a se reconectar com a sua essência. “Acredito na união de diferentes instrumentos para trabalhar a cura e potencializar a busca por uma vida saudável e pelo bem-estar. Sempre busquei um lugar onde pudesse encontrar um pouco de cada conhecimento e não achava. Assim nasceu o Frequência do Amor”, conta Paulinha.

Para a coach, é muito comum ver pessoas se preocupando apenas com uma área de suas vidas, seja a saúde física, seja a carreira,  deixando de lado o cuidado com o todo. “Muitas vezes a pessoa precisa passar por alguma situação difícil para realmente buscar algo mais verdadeiro e profundo. Com o Frequência do Amor, incentivamos a pessoa a buscar isso constantemente em suas vidas”.

Para ajudar nesse processo, ela compartilha sua trajetória e busca de uma forma prática ajudar o outro, com pequenas técnicas para as pessoas inserirem essa evolução e plenitude no dia a dia.

LEIA MAIS
Sarah Hoey: Professora de yoga conta como a prática mudou sua vida
LEIA MAIS
Melhores podcasts de meditação guiada e relaxamento

 

Paulinha explica que em cada sessão esses pilares servem de base, mas sempre são usadas técnicas diferentes. Isso faz com que nenhuma seja igual à outra. “Atualmente, contamos com dois tipos: o primeiro é o ‘aulão’, que é feito em eventos, como em parcerias com empresas, e tem duração de duas horas”.

O Frequência do Amor é a favor de usar todas as ferramentas que possam ajudar a pessoa a se conectar consigo mesma. “Para algumas, os cristais são essenciais, para outras, a aromaterapia. Em nossas aulas, fazemos o uso de tudo isso. E a união delas resulta na profundidade que buscamos, mas sem imposições, pois cada pessoa é única e para cada uma algo funciona”, explica Paulinha.

Outra preocupação do Frequência do Amor é mostrar a importância que a relação com a alimentação tem nesse processo de evolução. Nos workshops, Paulinha conta com parceiros especialistas para falar sobre alimentação. Ela vê como essencial mostrar como tudo está diretamente ligado.  “A pessoa que come mal não consegue ter a mesma disposição para meditar e se fazer presente nesse processo de evolução. Mostramos a importância de levar a atenção para o alimento, de entenderem que aquilo que está ingerindo está alimentando muito mais que o corpo e pode ser também uma prática espiritual”.

Vale dizer ainda que Paulinha mantém projetos paralelos, em que dá aulas e desenvolve outros trabalhos, na busca constante da evolução e, claro, de ajudar os outros a se encontrarem nesse caminho. No seu perfil no Instagram, ela compartilha tudo isso: @paulinha.rsoliveira.


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!