o que fazer para acalmar o bebê
o que fazer para acalmar o bebê

O que fazer para acalmar o bebê de forma natural

por tatiana.barros
em 7 de novembro de 2017

Há bebês calmos e há aqueles que são mais irritadiços. Não importa a personalidade do pequeno: em algum momento, será preciso lançar mão de métodos para ajudá-lo a se acalmar. Crianças mais agitadas costumam dar trabalho na hora de pegar no sono, mas isso não não precisa ser motivo para os papais se desesperarem. Algumas técnicas naturais podem ajudar a conferir noites de tranquilidade para toda a família. Saiba o que fazer para acalmar o bebê de forma natural e prazerosa.

LEIA MAIS
Aromaterapia: conheça os óleos essenciais e seus benefícios
LEIA MAIS
Amamentação: leite materno x fórmulas lácteas

O que fazer para acalmar o bebê

Descubra como você pode proporcionar ao seu bebê um sono relaxante e tranquilo a noite toda.

Shantala

É uma massagem indiana que adultos podem fazer nos seus bebês, já que reforça o vínculo afetivo entre os dois e elimina tensões e bloqueios. Esse contato reduz o estresse da criança, gera mais confiança e equilibra o sistema nervoso, energético e emocional. É indicada também para os pequenos que sofrem de cólicas e prisão de ventre, pois ajuda a liberar os gases com mais facilidade.

Sons

Estudos mostram que a memória do ambiente intrauterino ainda faz dos primeiros meses de vida do bebê. Reproduzir os sons do útero pode acalmá-lo. Para isso, coloque músicas suaves ou sons da natureza, como o barulho do mar.

Aromaterapia

O uso dos óleos essenciais pode ajudar a aliviar o estresse e cólicas, entre outros problemas que geram a agitação no bebê. No entanto, é preciso cuidado ao utilizá-los, pois alguns componentes podem causar reações na criança. Por isso, converse com o pediatra antes de aplicar qualquer produto na pele do bebê. É mais indicado diluir esses óleos na água e usá-los como aromatizador ambiental, na banheira do banho ou para fazer massagens no corpo da criança. Entre as essências mais usadas estão lavanda, capim-limão e laranja doce.

Banho de imersão com ervas

Feito em baldes ou ofurôs, o banho de imersão simula a posição que o bebê fica no ambiente intrauterino. A temperatura deve estar em torno de 36 graus. Saiba para que objetivo é indicada cada erva.

  • Aveia: Alivia coceiras, dermatites e hidrata a pele.
  • Sálvia: Contra gripes, resfriados e vias aéreas congestionadas.
  • Camomila: Além do efeito calmante, essa erva ajuda na saúde digestiva e da pele.
  • Manjericão: Para relaxar e aliviar as cólicas.
  • Hortelã: Contra resfriados e vias aéreas congestionadas.

Para preparar o banho, deve-se fazer o chá com a erva escolhida, peneirar e, em seguida, misturar na água em que o bebê será banhado. Prefira sempre ervas orgânicas.

Cromoterapia

O uso da energia das cores pode colaborar para o equilíbrio do corpo, da mente e da alma. A técnica é usada até mesmo mesmo para tratamentos de doenças. Vale usar os conceitos da cromoterapia na hora de escolher a decoração do quarto do seu bebê ou para colocar um ponto de luz no quarto. Entenda o significado de cada cor.

  • Azul: Em tons claros, confere tranquilidade e relaxamento. É boa opção para reduzir a ansiedade, agitação e nervosismo do bebê.
  • Verde: É a cor da cura, da energia e da harmonia.
  • Rosa: Reforça o vínculo mãe-bebê e estimula as emoções.
  • Branco: Símbolo da pureza e da paz, o branco proporciona tranquilidade.
  • Amarelo: Opte por tons mais claros, que conferem alegria e energia ao bebê, sem desencadear hiperatividade.
  • Roxo ou lilás: Ligadas à espiritualidade, essas cores também acalmam.
  • Laranja: É uma cor conhecida por ajudar no alívio de cólicas. Também é estimulante e aumenta a criatividade.

É importante consultar o pediatra antes de inserir algo novo na rotina do seu filho e certificar-se sobre a melhor maneira de aplicar essas alternativas.


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!