Nutricosméticos: como fazer o uso correto das pílulas da beleza

por Redação
em 16 de fevereiro de 2017

Não dá para negar que a ideia de consumir beleza em cápsulas é muito tentadora. Cada dia mais difundidos, os nutricosméticos prometem por exemplo, uma pele mais jovem, cabelos mais brilhantes, unhas fortes e corpo magro. A lógica é a de que essas pílulas complementam os índices adequados de nutrientes que o organismo precisa e que, por conta do estilo de vida atual, a gente não tem dado conta de suprir apenas com a alimentação. Além disso, os nutricosméticos também atuariam dando aquela força para que o esforço na academia de fato seja refletido no visual.

Os nutricosméticos só devem ser consumidos sob orientação de um profissional da saúde (foto: istock)

Os nutricosméticos só devem ser consumidos sob orientação de um profissional da saúde (foto: istock)

Dicas para o consumo de nutricosméticos

O importante é realmente entender essa função complementar dos nutricosméticos. Não adianta, por exemplo, ingerir uma pílula antigordura e esperar em casa que a silhueta afine sozinha. A cápsula vai acelerar o me­ta­bolismo, mas, para reduzir o peso na balança, é preciso associar o “remedinho”a uma dieta saudável e à prática de exercícios.

LEIA MAIS
SPA caseiro: 5 tratamentos para cuidar da cabeça aos pés
LEIA MAIS
6 alimentos para fazer máscara facial

Para que você entenda mais do assunto antes de iniciar o consumo, a nutricionista Luisa Wolpe Simas, coordenadora do CIA – Centro e Instituto Internacional de Aprimoramento e Pesquisas Científicas, esclarece quatro pontos importantes. Confira abaixo.

1.Eles realmente funcionam?

Sim. Os nutricosméticos são cápsulas que têm em sua composição vitaminas, aminoácidos, sais minerais e outros componentes que atuam sobre cabelos, unhas e pele, deixando-os mais saudáveis. Eles tratam de dentro para fora, auxiliando no processo de nutrição das nossas células e reposição de nutrientes no nosso organismo.

2. Quais os cuidados na hora de optar por um?

É importante buscar auxílio de um profissional especializado, pois só ele poderá recomendar um produto direcionado para o seu problema em específico. Muitas vezes as pessoas consomem um produto que não é indicado para a alteração estética que ela quer tratar ou até mesmo querem resolver algo sobre o qual elas desconhecem as causas do surgimento. Além do que, as pílulas são receitadas de acordo com o peso de cada pessoa.

3. O efeito só dura enquanto durar o consumo?

Sim. Os benefícios dos nutricosméticos só aparecem e são mantidos enquanto se está utilizando o produto. Por isso, é importante consumir continuamente, mas sempre com a supervisão de seu nutricionista. Os resultados também não aparecem do dia para a noite: normalmente são alguns meses até que eles surjam. Inclusive, na maioria das situações, o resultado só vem se associado a outros hábitos, como alimentação saudável e prática de atividades físicas.

4. Para que tipos de uso os nutricosméticos são mais indicados?

Os nutricosméticos atuam como coadjuvantes nos mais diversos tipos de tratamentos estéticos: servem para fortalecer unhas e cabelos; para diminuir as celulites, flacidez e envelhecimento cutâneo; na prevenção e tratamento da acne; e atuam na cicatrização e oleosidade da pele. Há ainda aqueles que melhoram a função intestinal, fortalecem as funções musculares, modelam o metabolismo, entre outros benefícios.

Sugestão Jasmine

Gostou das nossas dicas sobre o uso dos nutricosméticos? Acompanhe o site da Jasmine para ter acesso a mais conteúdo sobre dicas de beleza e de saúde.

 


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!