Melhores exercícios para gestantes e seus benefícios

por tatiana.barros
em 26 de março de 2018

Foi-se o tempo em que existia aquela ideia de que gravidez é um período para ficar em repouso. São diversas as comprovações de que a prática de atividades físicas nessa fase é fundamental para a saúde da mãe e do bebê. Os principais benefícios são:

  • Controle do peso
  • Melhora do humor e da autoestima
  • Aumento da disposição
  • Manutenção da sua condição física e sua força
  • Recuperação mais rápida no pós-parto
  • Melhor oxigenação para o bebê
  • Melhora da saúde cardiovascular

Melhores exercícios para gestantes

Mas é claro que é necessário um acompanhamento especial e a escolha do tipo de exercício é mais do que importante. Alguns são mais indicados e oferecem mais vantagens e segurança do que outros. Saiba quais são as atividades mais indicadas:

LEIA MAIS
Alimentação na gravidez: como investir em uma dieta saudável
LEIA MAIS
Saúde da mulher: dicas de alimentação para TPM, gravidez e menopausa

 Hidroginástica

A grande vantagem da hidroginástica é que, por ser feita dentro d´água, é de quase zero impacto. A água aquecida ainda ajuda a relaxar, melhora a circulação e reduz a retenção de líquidos. Essa é ótima opção para aliviar dores comum desse período, como nas costas, pés e inchaço nas pernas. Outra vantagem é que pode ser praticada durante toda a gravidez.

Pilates

Se você já pratica essa atividade antes da gravidez, não precisa interromper nesse período. O pilates é importante para fortalecer os músculos, especialmente os abdominais e do assoalho pélvico. Também melhora a postura, flexibilidade, respiração e frequência cardíaca.

Caminhada

Um exercício simples e que pode ser praticado por todo mundo. A caminhada tem baixo impacto, tonifica os músculos da perna e proporciona bem-estar. Só tome cuidado para escolher um lugar plano, para evitar desequilíbrios e tombos. Evite ainda horários em que o sol está intenso, sempre leve uma garrafinha com água e não se esqueça do protetor solar.

Yoga

São diversos os benefícios dessa prática milenar. A yoga proporciona uma maior tranquilidade e relaxamento para lidar com essa fase de turbulências emocionais, mas não apenas isso. Também melhora a saúde cardiovascular, confere flexibilidade, tonifica os músculos, aumenta o equilíbrio e a respiração. No entanto, não deixe de avisar ao seu instrutor sobre a gravidez, para que ele determine quais posições e exercícios devem ser realizados ou não.

Musculação

Algumas mulheres imaginam que musculação e gravidez não combinam, mas pelo contrário. É claro que cada fase da gestação exige exercícios e intensidades diferentes. Mas essa atividade proporciona fortalecimento dos músculos, especialmente do abdômen e isso é uma grande ajuda na hora do parto normal. A musculação ainda controla a pressão arterial e a frequência cardíaca.

Antes de iniciar qualquer uma dessas atividades é essencial que a mulher se consulte antes com o seu obstetra. O acompanhamento deve ser durante toda a gravidez e cada período exigirá um cuidado e adaptação especial. Não deixe de contar ainda com a ajuda de um profissional de educação física.


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!