bom humor
bom humor

Bom humor: Saiba como aumentar a serotonina naturalmente

por tatiana.barros
em 18 de agosto de 2017

Desânimo, mau humor, irritabilidade, insônia. São fatores que afetam a nossa rotina, as pessoas ao nosso redor e podem até desencadear doenças como a depressão. Tudo isso pode ser um sinal de que o organismo tem carência de serotonina, neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar e prazer. Embora seja produzida em nosso cérebro, quase a totalidade da serotonina é enviada para o resto do corpo, como sistema digestivo e plaquetas. Quando sua produção está baixa, diversas funções psicológicas e corporais podem ser afetadas e o bom humor pode desaparecer.

Como garantir o bom humor naturalmente

A melhor forma de garantir o bom humor é aumentar a produção desse neurotransmissor tão importante. Contribuir para isso é muito mais fácil e natural do que parece. Saiba como.

LEIA MAIS
Hormônios da felicidade: quais são e o que comer para ativá-los
LEIA MAIS
Melhores podcasts de meditação guiada e relaxamento

Faça meditação

Estudos mostram que pessoas que meditam produzem mais serotonina e, em contrapartida, o organismo inibe a produção de cortisol, que é o hormônio do estresse. Por isso, esse hábito também é um importante antidepressivo e aliado de quem sofre de ansiedade e estresse.

Consuma carboidratos

Já percebeu que pessoas com humor alterado costumam consumir mais doces? Isso acontece porque os níveis de serotonina estão baixos. Por essa razão, é importante ingerir carboidratos, que são fontes de triptofano, um aminoácido importante para o humor. No cérebro, esse componente ajuda na produção de serotonina.

Pratique exercícios

É consenso geral que a prática de atividades físicas aumenta a disposição e atua como um antidepressivo natural. Essa é uma das formas mais saudáveis para aumentar a produção de serotonina, além de proteger o nosso sistema cardiovascular, entre tantos outros benefícios.

Tenha momentos de lazer

Em um mundo que traz cada vez mais compromissos e situações estressantes, é essencial dedicar um tempo para fazer atividades que dão prazer. Separe tempo para a família, viaje, leia, passeie e faça tudo o que contribua para uma boa qualidade de vida. Tente sempre manter o pensamento positivo. Afinal, nada mais verdadeiro do que a famosa frase “mente sã, corpo são”.

Tome sol

A vitamina D é um importante nutriente para a produção de serotonina e é sintetizada no organismo com a ajuda da luz solar. Há, inclusive, pessoas que sofrem de um tipo de depressão sazonal, que as acomete nos meses mais frios. Mas tenha moderação ao se expor ao sol: faça isso sempre antes das 10h e depois das 16h.

Consuma vitamina B

As vitaminas do complexo B, especialmente a B6 e a B12, são aliadas na produção de serotonina. São nutrientes especialmente importantes para pessoas idosas e, muitas vezes, uma suplementação é indicada.

Ouça música

É outra atividade que inibe a produção de cortisol. Vale dançar ao som daquela música que traz alegria e boas energias. Se a ideia é acalmar o corpo e a mente, canções mais lentas ajudam a relaxar e agem como um calmante, inclusive para quem sofre de insônia.

Invista em magnésio

Outro nutriente importante para equilibrar a produção de serotonina e que ainda ajuda a regular a função nervosa. Alguns alimentos fontes desse mineral são folhas verdes escuras, peixes, banana e feijão.

 

 


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!