Qfir produz bebida probiótica para a mulher

por aretha.yarak
em 10 de novembro de 2017

Criada em janeiro deste ano, a Qfir produz um suco probiótico pensado especialmente para a mulher brasileira. “Descobrimos que 67% das mulheres têm problemas intestinais e desenvolvemos um produto que a ajuda a cuidar da saúde desse órgão”, diz Andrezza Prestes, cofundadora da empresa. À base de kefir, um poderoso microrganismo vivo, a bebida é 100% natural, sem conservantes nem aditivos, levemente gaseificada, vegana e pouco calórica. A Qfir é uma das selecionadas para o programa Jasmine Open Table de aceleração.

A ideia do negócio partiu da paixão que Andrezza e o sócio, Felipe Borges, tinham pela alimentação saudável. Os dois já trabalhavam juntos em uma empresa de produtos digitais voltados ao bem-estar, quando ela pediu demissão com a missão de empreender nessa área. “Comecei a estudar o que o mercado estava oferecendo, o que já existia no exterior e não aqui e descobri o probiótico”, conta. A ligação com a saúde intestinal da mulher foi quase imediata, já que a maioria das brasileiras tem algum tipo de problema intestinal.

Imagem: Divulgação

Qfir, um probiótico para a saúde da mulher

“Essa é uma informação muito importante, porque o modo como esse órgão é tratado reflete nas dores que ela sente no dia a dia”, comenta Felipe. Como não encontraram um produto que a mulher pudesse adotar como referência no cuidado dessas condições, resolveram apostar no kefir, um probiótico feito de microrganismos vivos capazes de criar fermentação natural a partir do açúcar mascavo. Eles se ainda têm a vantagem de se multiplicar e criar uma gaseificação 100% natural na bebida.

LEIA MAIS
Purifica produz bebidas vegetais nutritivas e saborosas
LEIA MAIS
House Cheffs, o marketplace de comida caseira

Esse probiótico auxilia ainda na manutenção e no equilíbrio da microbiota intestinal, no controle de diarreias e de prisões de ventre, aumenta a imunidade e a disposição física e ainda ajuda a emagrecer. “O Qfir é a dose diária que ela precisa para se sentir leve e disposta”, defende Andrezza. Atualmente, a bebida é produzida em dois sabores: uva e cranberry com limão siciliano.

Imagem: Divulgação

Desenvolvimento da Qir

Para chegar à receita atual da bebida, a dupla realizou uma série de testes na cozinha de casa e contou com a ajuda de amigos para desenvolver as primeiras formulações. “Criamos a primeira versão, o produto alfa, e fomos fazer o teste de aceitação em uma feira de produtos orgânicos”, conta Andrezza. De lá, saiu a versão melhorada (beta) do Qfir, que foi colocada à venda em algumas lojas da capital paulista. “A aceitação foi ótima, tivemos procura de mais de 40 lojas para revenda”, comenta.

Com o crescimento da demanda, a fabricação, que começou artesanal, precisou ser revista para que a empresa continuasse a crescer. O primeiro importante passo foi terceirizar todo o processo de cultura e produção dos microrganismos vivos. “Fazer o controle desse colaborador é um desafio, contamos com a ajuda dos mentores da Jasmine para estruturar essa parceria”, diz. Além disso, eles planejam ainda ampliar o portfólio com produtos já bastante consumidos pelos brasileiros, como biscoitos e snacks, mas que tragam agregada também a função probiótica.

Sobre o Jasmine Open Table

A Jasmine aposta na capacidade transformadora da alimentação saudável. Com o programa Jasmine Open Table, uma plataforma de aceleração para projetos inovadores, ela fomenta o desenvolvimento de produtos e de conteúdos que ajudem as pessoas a ter uma vida mais ativa, saudável e consciente. A primeira edição do programa teve 50 inscritos e nove projetos foram selecionados para participar das 12 semanas de mentoria intensivas, formuladas em parceria com a Corporate Garage.


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!