Tecidos acrobáticos: arte circense ganha as academias

por tatiana.barros
em 20 de setembro de 2017

Atividade física não precisa ser maçante e cansativa, muito menos uma obrigação para manter a saúde em dia. Ela traz mais benefícios se praticada com prazer e, assim, afasta até problemas sérios como a depressão. A cada estação, novas modalidades ganham espaço nas academias e conquistam quem busca exercícios diferentes e que garantam uma dose extra de diversão. Tem coisa mais divertida do que dança e circo?

Aulas de tecidos acrobáticos e outras artes circenses

As artes circenses são sinônimo de equilíbrio, força e coordenação motora. Tudo isso, aliado a um universo lúdico que desperta o lado artístico de seus praticantes. Não é a toa, portanto, que aulas inspiradas nesse mundo têm feito tanto sucesso e conquistado um número cada vez maior de adeptos.

LEIA MAIS
Aula de dança: faz bem à saúde, ao humor e à autoestima
LEIA MAIS
Atividades físicas para quem não curte academia

Confira algumas aulas que fazem parte desse mundo artístico e seus benefícios para quem pratica com regularidade.

Tecido acrobático

Uma das modalidades que mais encantam adultos e crianças, o tecido acrobático traz movimentos que lembram o balé, realizados enquanto o praticante se segura em tecidos suspensos no teto. Embora os exercícios possam assustar no início e parecer difíceis de fazer, com a orientação certa o aluno se supera a cada aula e os benefícios são diversos.

Os principais são:

  • Condicionamento físico
  • Consciência corporal e flexibilidade
  • Melhora da respiração
  • Elevação da autoestima
  • Definição e fortalecimento muscular (especialmente abdômen, costas e braços)
  • Correção de postura (e melhora de dores na coluna)
  • Resistência
  • Equilíbrio
  • Queima de calorias equivalente a uma aula de crossfit
  • Estimulante da memória
  • Promoção da expressão artística

Aulas de circo

Como se sabe, não é apenas o tecido acrobático que faz parte do universo circense. Pra quem deseja conhecer todas as artes do picadeiro, uma aula de circo completa é opção perfeita. É possível aprender desde atividades no solo, como cambalhotas, estrelas, parada de mão, pirâmide humana, até exercícios aéreos, como trapézio, lira, tecido e corda indiana. Os cursos ainda podem ensinar técnicas de malabares, de cama elástica e trampolim acrobático.

Entre alongamentos, aquecimentos e atividades propostas, uma hora de prática pode eliminar até 300 calorias. Mas não é apenas essa a vantagem da prática. Além de todos os benefícios para o corpo, como coordenação motora, equilíbrio, tonificação, fortalecimento muscular, entre outros, as aulas ainda promovem elevação da autoestima, com a satisfação de vencer cada desafio proposto.

As aulas de circo podem ser feitas por crianças e adultos, sendo que as dinâmicas são adaptadas para cada grupo, de acordo com as limitações de cada aluno. Nem precisa dizer que a diversão é garantida, não é mesmo?

Ginástica rítmica

Quem nunca viu em Jogos Olímpicos aquelas ginastas milimetricamente ensaiadas dando um show de dança sincronizada? A ginástica rítmica encanta pela delicadeza e gingado com os quais as atletas exercem suas apresentações e não é de se estranhar que seja uma modalidade que atrai pessoas de todas as idades. Para as coreografias são utilizados adereços como arcos, fitas e bolas que conferem uma graça toda especial.

As aulas de ginástica são indicadas a partir dos quatro anos de idade. A combinação de música, coreografia e manuseio de acessórios promovem uma grande capacidade de raciocínio, reflexos, ganho de equilíbrio e flexibilidade. Especialistas indicam principalmente para crianças hiperativas e para aquelas mais tímidas, que têm dificuldades de socialização.

Adultos também podem praticar a atividade, claro. A ginástica rítmica colabora para a perda de peso, fortalecimento e definição muscular. Uma hora de aula pode queimar até 400 calorias.

 


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!