refeição com a família
refeição com a família

A importância das refeições em família

por tatiana.barros
em 29 de setembro de 2017

Comer bem vai muito além de escolher alimentos nutritivos. A refeição é uma experiência que deve ser vivida em sua totalidade. E isso inclui uma série de práticas comuns e triviais que são extremamente benéficas. São atitudes como sentar-se à mesa e dedicar-se a esse momento, sem distrações externas, como televisão e celular. Se puder comer na companhia de amigos ou familiares, melhor ainda! Sabia que também nesses momentos especiais são liberadas importantes substâncias no cérebro? As mesmas que proporcionam sensação de prazer e bem-estar.

A importância das refeições em família

A pressa e um conceito um tanto relativo de praticidade têm levado muitas famílias a abandonar o costume de sentar-se à mesa para comer, todos juntos e no mesmo horário. Uma pesquisa realizada pela revista Super Interessante, em 2016, com 1.200 pessoas de seis estados diferentes, revelou que a grande maioria dos brasileiros não leva mais do que meia hora do começo ao fim da refeição.

LEIA MAIS
Slow Food: Movimento para uma alimentação mais consciente
LEIA MAIS
Você sabe o que é Comfort Food?

A prática da refeição em família fica mais restrita aos almoços de domingo: nove em dez entrevistados almoçam sempre (74%) ou às vezes (16%) com a família inteira nesse dia. Nesse dia da semana, os vínculos familiares se apresentam de modo mais claro. É quando pais e filhos almoçam juntos ou, ainda, quando aqueles velhos amigos se reúnem para um almoço diferenciado.

Segundo o psicólogo Thiago Lima, a comida estabelece vínculos não apenas entre familiares mas também entre amigos e vizinhos: “A cozinha é sempre lembrada como uma atividade realizada para os outros. Alguns estudos apontam que as refeições, especialmente os almoços, são momentos de sociabilidade e no comer junto também aparecem individualidades como gostos, sabores e opiniões”.

Esse é um dos principais tópicos defendidos pelo Slow Food, movimento criado na Itália em 1986 que propõe unir o prazer de comer com produção e consumo responsável dos alimentos. Quando falamos em prazer, incluímos justamente o hábito de escolher um lugar agradável para comer sem pressa, prestando atenção àquilo que está consumindo, além de praticar o “table talk”, isto é, a conversa à mesa. O significado disso é bem simples: aproveitar o momento da refeição para conversas prazerosas e informais com quem gostamos.

Algo tão simples como dedicar uma hora do seu dia para compartilhar uma refeição com alguém pode afetar positivamente a vida de diferentes formas. Pesquisadores afirmam que a interação entre os aspectos neurais, fisiológicos, endócrinos e comportamentais no processo da fome e saciedade estão intimamente relacionados ao comportamento alimentar.

Por isso, confira alguns dos benefícios que o hábito de fazer refeições à mesa com familiares e amigos proporcionam.

Fortalece os laços afetivos

Ao sentarem em torno da mesa para dividir uma refeição, as pessoas se veem diante da possibilidade de compartilhar suas experiências vividas no dia e se conhecer mais intimamente. Essa é uma maneira de reforçar os vínculos e sentir que tem pessoas com quem contar. Por isso, essa prática pode até ser um aliado contra a depressão.

Promove trocas de ideias

Esse é o momento ideal para se atualizar dos acontecimentos que envolvem a vida cotidiana daqueles que estão sentados à mesa e também no mundo. As refeições compartilhadas são uma oportunidade de trocar ideias, dicas e promover um debate saudável.

Incentiva a boa alimentação

Não há forma melhor de educar do que dando bons exemplos e isso também vale para a alimentação. As refeições em família são fundamentais para incentivar as crianças a comer bem. Assim, elas terão a oportunidade de ver os familiares comendo alimentos saudáveis e sentirão na prática a importância disso.

Dá mais atenção àquilo que ingere

Muitas pessoas têm o péssimo hábito de comer em frente à televisão. Essa prática faz com que se perca a noção do que e do quanto se consome. Além disso, pode ocorrer forte sensação de solidão e criar uma tendência para desenvolver problemas como obesidade.

Sugestão Jasmine

Como citou o psicólogo Thiago Lima, além da importância de reunir a família e os amigos à mesa, o que nós comemos também ajuda a despertar prazer e bem-estar. Por isso, as nossas dicas de alimentos para ajudar você a preparar pratos deliciosos e saudáveis são: Arroz Integral, Farinhas Integrais, Ativos Jasmine, Germe e Fibra de Trigo, entre outros produtos da nossa linha Orgânicos ou Integral. Conheça todos os nossos produtos!

 


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!