10 motivos para consumir produtos orgânicos

por Redação
em 20 de fevereiro de 2017

Muito mais caros e bem difíceis de serem encontrados. Até há algum tempo, eram exatamente esses dois fatores que faziam com que os alimentos orgânicos estivessem longe da mesa da maioria de nós. Mas isso tem mudado. Atualmente, já há muito mais produtores cultivando sem o uso de agrotóxicos, hormônios, fertilizantes químicos e drogas veterinárias. Esse aumento da oferta tem feito com que o preço diminua e mais gente possa comer de forma mais saudável e saborosa.

Dez motivos para escolher os alimentos orgânicos

1. Evitam doenças causadas pela ingestão de substâncias químicas tóxicas.

Horta orgânica garante consumo sem substâncias tóxicas

Horta orgânica garante consumo de verduras livres de substâncias tóxicas (foto: istock)

Isso acontece porque os orgânicos possuem baixos teores de metais pesados, como chumbo, mercúrio, arsênio e nitratos. Um levantamento da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) mostrou que 29% das 1.665 amostras de sete culturas de alimentos convencionais – ou seja, não orgânicos – estavam em desacordo com as normas de agrotóxicos. Além do excesso, havia a presença de dois nunca registrados no Brasil: o azaconazol e o tebufenpirade. “Essas substâncias não saem na lavagem com vinagre e bicarbonato de sódio, pois penetram no solo e entram na seiva da planta, se acumulando na raiz, caule, folhas e polpa”, explica a nutricionista Marinês Cristine Silveira.

LEIA MAIS
Alimentos orgânicos para uma alimentação saudável
LEIA MAIS
Cardápio de verão: saiba o que comer com saúde para se bronzear

2. São mais nutritivos

Solos ricos e balanceados com adubos naturais produzem alimentos com maior valor nutritivo. “Eles também têm menos água em sua composição, por isso acabam concentrando mais os nutrientes”, afirma a nutricionista.

3. São mais saborosos

O uso de agrotóxicos afeta significativamente sabor, aroma, forma e textura dos alimentos. Livres dessa interferência, sabor e o aroma ficam muito mais intensos, puros e acentuados.

Man put wooden crate with fresh vegetables - tomatoes, carrots, garlic and potatoes, onion and cucumber, on table.

Vegetais e frutas ficam com cores e sabores acentuados (foto: istock)

4. Protegem as futuras gerações de contaminação química

A agricultura convencional, por se valer de mecanismos e tecnologias artificiais para a proteção da lavoura, é muito agressiva ao meio ambiente. As prováveis contaminações podem perdurar décadas e causar impacto até em quem ainda nem nasceu.

5. Evitam a erosão do solo

Na medida em que o cultivo de orgânicos utiliza expedientes como a rotação de culturas, o plantio consorciado e a compostagem, entre outras técnicas, ele favorece que o solo se mantenha fértil e produtivo ano após ano.

6. Protegem a qualidade da água

Os agrotóxicos utilizados nas plantações convencionais atravessam o solo, alcançam os lençóis d’água e poluem rios e lagos. Ao abrir mão desse tipo de fertilizante, o agricultor protege a qualidade da água.

7. Restauram a biodiversidade: protegem a vida animal e vegetal

A agricultura orgânica respeita o equilíbrio da natureza, criando ecossistemas saudáveis. No lugar dos agrotóxicos, são utilizados predadores para as pragas comuns na lavoura, bem como adubos e fertilizantes naturais e orgânicos, e há rotação de espécies a serem plantadas.

8. Ajudam os pequenos agricultores

Farmer Cleaning His Potatoe with Bare Hands

O consumo de orgânicos favorece o desenvolvimento da agricultura familiar (foto: istock)

Em sua maioria, a produção orgânica provém de pequenos núcleos familiares que têm na terra a sua única forma de sustento. Mantendo o solo fértil por muitos anos, o cultivo orgânico prende o homem à terra e revitaliza as comunidades rurais;

9. Economizam energia

O cultivo orgânico dispensa os agrotóxicos e adubos químicos, utilizando intensamente a cobertura morta, a incorporação de matéria orgânica ao solo e o trato manual dos canteiros. É o procedimento contrário ao da agricultura convencional que se apoia no petróleo como insumo de agrotóxicos e fertilizantes e é a base para a intensa mecanização que a caracteriza.

10. São certificados

(foto: istock)

Alimentos orgânicos têm certificação oficial de procedência (foto: istock)

A qualidade do produto orgânico tem de ser assegurada pelo Sistema Brasileiro de Conformidade Orgânica, coordenado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), o que garante ao consumidor que está adquirindo produtos mais saudáveis e isentos de qualquer resíduo tóxico.

Sugestão Jasmine

Nós temos uma linha inteira de produtos feitos com ingredientes integrais, sem aditivos artificiais e livres de agrotóxicos, oferecendo opções deliciosas para deixar o café da manhã, almoço, lanche e jantar mais nutritivos e saudáveis. Conheça nossos Cookies Integrais Orgânicos, Arroz com Quinoa Orgânico, Açúcar Mascavo Orgânico, Soja Orgânica e muito mais!

 


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!