piores alimentos
piores alimentos

Os piores alimentos do mundo para a sua saúde

por tatiana.barros
em 7 de novembro de 2017

As gôndolas dos supermercados são recheadas de produtos que agradam o paladar de crianças e adultos, mas que são verdadeiros venenos para a saúde. Alguns alimentos são vistos como tóxicos para o nosso organismo e podem ser responsáveis, até mesmo, pelo aparecimento de doenças sérias, como alguns tipos de câncer.

Piores alimentos do mundo

A nutricionista e médica canadense Michelle Schoffro Cook, da Sociedade Internacional de Medicina Ortomolecular, elaborou um ranking das comidas e bebidas mais perigosas para o nosso organismo. Certamente a maioria das pessoas de todo o mundo consumiu pelo menos um desses itens nos últimos tempos. Saiba quais são eles em ordem crescente.

LEIA MAIS
Fique de olho na gordura trans!
LEIA MAIS
Adoçantes Artificiais: Consumo exige cautela e bom senso

10º lugar: Sorvete

Com as altas temperaturas do nosso verão tropical, fica difícil resistir a essa tentação calórica. Mas a verdade é que os tradicionais sorvetes industrializados, vendidos em potes, concentram altos níveis de açúcar, gorduras trans, corantes e de saborizantes artificiais. Esses elementos contam com substâncias químicas tóxicas ao nosso sistema nervoso.

9º lugar: Salgadinho de milho industrializado

Quando se fala em alimentos transgênicos, é impossível não citar esse produto queridinho de muitas crianças. Esses salgadinhos podem alterar os níveis de açúcar no sangue e os resultados disso são ganho de peso e irritabilidade, entre outros sintomas. Por serem itens fritos em óleo, o consumo pode ainda desencadear processos inflamatórios.

8º lugar: Pizza

Calma! Pode consumir tranquilamente aquelas pizzas artesanais tão apreciadas por grande parte dos brasileiros. O perigo mesmo está nas versões congeladas, vendidas em supermercados. Isso porque, além de serem feitas com farinha branca, ainda concentram altos níveis de conservantes.

7º lugar: Batata frita

O acompanhamento indispensável para muita gente que consome hambúrgueres de fast-foods, a batata frita é fonte das temíveis gorduras trans. Além disso, ela contém uma substância cancerígena que é formada quando aquecida em altas temperaturas chamada acrilamida. O óleo usado para fritura ainda pode causar inflamações no corpo.

6º lugar: Salgadinhos de batata industrializados

Esse é outro tipo de produto que concentra níveis mais altos de acrilamida.

5º lugar: Bacon

Michelle Schoffro Cook defende que o consumo diário de carnes processadas, como bacon, aumenta em 42% o risco de doenças cardíacas e em 19% as chances de desenvolver diabetes.

4º lugar: Cachorro-quente

Um estudo da Universidade do Havaí mostrou que o consumo de salsicha e outras carnes processadas pode aumentar em 67% o risco de desenvolvimento de câncer de pâncreas.

3º lugar: Donuts (rosquinhas fritas)

Guloseima popular nos Estados Unidos, o donuts conta com 35% de gorduras trans em sua composição.  Além disso, trata-se de um produto rico em açúcar, condicionadores de massa artificiais e aditivos alimentares.

2º lugar: Refrigerante

Estudos mostram que uma lata de refrigerante possui em média 10 colheres (chá) de açúcar, 150 calorias, entre 30 e 55 mg de cafeína. Também concentra corantes artificiais e sulfitos, além de ser uma bebida tóxica para os rins.

1º lugar: Refrigerante diet

Esse foi eleito por Michele como o “pior alimento de todos os tempos”. A especialista justifica a escolha porque, além de concentrar todos os itens prejudiciais à saúde que a versão tradicional possui, o diet ainda contém adoçantes artificiais. Alguns desses adoçantes estão relacionados a uma lista extensa de doenças, como ansiedade, compulsão alimentar depressão, tonturas, fadiga, dores de cabeça, entre diversos outros.

 

 


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!