Fale Conosco

O que são alimentos orgânicos e quais os seus benefícios?

por Forte Apache
em 13 de janeiro de 2021

É difícil falar a respeito de alimentação saudável sem mencionar produtos orgânicos e seus benefícios. Indo além da parte nutricional, a questão dos alimentos orgânicos é muito ligada pela forma que são produzidos e na maneira como esse cultivo afeta a agricultura familiar, a saúde do produtor rural e o impacto no meio ambiente.

Os alimentos orgânicos têm um diferencial quando pensamos sobre seu cultivo, afinal estamos falando de produtos naturais que são poupados de modificações genéticas, agrotóxicos, fertilizantes químicos e hormônios, famosos por afetar negativamente a saúde.

Os orgânicos também são conhecidos porque sua cadeia de produção é feita de forma sustentável, diminuindo consideravelmente o impacto ambiental e incluindo a agricultura familiar em um mercado que cresce cada vez mais. A intenção dos orgânicos, portanto, é produzir, comercializar e consumir de forma consciente, visando à saúde de todos os envolvidos: produtor, meio ambiente e consumidor final.

Quais são os benefícios dos alimentos orgânicos?

1. Os orgânicos não têm substâncias nocivas à saúde

Como não são cultivados com agrotóxicos, fertilizantes, hormônios e outras substâncias químicas e artificiais, são alimentos saudáveis para produtores e consumidores. O consumo de orgânicos diminui a incidência de doenças relacionadas com essas substâncias químicas, como alergias, problemas hormonais, neurológicos e o desenvolvimento de câncer.

2. São mais ricos em nutrientes

Como são cultivados livres de aditivos químicos, os alimentos orgânicos mantêm seu valor nutricional. São ótimas fontes de minerais, vitaminas e antioxidantes.

3. Preservação do meio ambiente

Os orgânicos não são produzidos em grande escala e não agridem o solo e o ecossistema de cada região de cultivo com a presença de pesticidas e agrotóxicos. Esses elementos abundantes na agricultura e pecuária populares são nocivos e resistentes, podendo se espalhar através da chuva e do fluxo de rios para áreas muito maiores do que as do cultivo.

4. Condições de trabalho melhores para os produtores rurais

A produção de orgânicos leva em conta também a saúde dos produtores rurais e o respeito pela agricultura familiar, por não entrarem em contato com substâncias químicas tóxicas. Além disso, como a produção de orgânicos precisa de mais mão-de-obra, um número maior de empregos é necessário, o que é sempre uma boa notícia.

5. Garantia de origem e qualidade

Os orgânicos são certificados e levam o selo Orgânico, o que significa que cada produto é fiscalizado do momento do cultivo até a venda. Sendo assim, se você está comprando algo com esse selo, você não precisa ter dúvidas a respeito da produção do produto.

6. Sabor mais pronunciado e aroma mais natural

Podemos perceber que, por não utilizar agrotóxicos e fertilizantes, o sabor desses alimentos é muito mais acentuado e natural.

7. Melhor relação entre custo e benefício

Em alguns setores e regiões, os produtos orgânicos podem ser mais caros, o que reflete os altos custos da produção e fiscalização desses alimentos.. A verdade é que os benefícios para a saúde compensam a diferença de valor que pode existir em alguns produtos ou pontos de venda. 

Se houver espaço em sua casa (quintal ou vasos que podem ser colocados em uma sacada ou ambiente arejado), você pode cultivar sua própria horta com batata, mandioca, milho ou plantando em vasos alguns pequenos temperos (cheiro verde, alface, tomate). Sempre é possível se adaptar para o cultivo desses alimentos, caso você tenha tempo e disposição.

Agora que você sabe mais sobre o mundo da produção orgânica, você pode pensar na sua lista de compras e também em seu padrão de consumo com mais cuidado e critérios. Sua saúde só tem a agradecer!


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!