novembro azul
novembro azul

Novembro Azul: Alimentos essenciais para a saúde do homem

por tatiana.barros
em 1 de novembro de 2017

Os homens são conhecidos por serem mais relapsos com a manutenção da saúde: vão menos ao médico, são mais sedentários e deixam de lado a realização de importantes exames de rotina. Em 2016, o Ministério da Saúde divulgou uma pesquisa feita com 6.141 homens que mostrava que 31% deles não possuem o hábito de ir às unidades de saúde para buscar auxílio na prevenção de doenças. Mais da metade disse que não vai ao médico porque nunca foi preciso.

LEIA MAIS
Saúde da mulher: dicas de alimentação para TPM, gravidez e menopausa
LEIA MAIS
Lipídios: saiba por que as gorduras são essenciais para o nosso corpo

Para ajudar a quebrar esses tabus e aumentar a conscientização sobre a importância de realizar exames preventivos  e manter uma boa qualidade de vida, este mês é marcado pela campanha Novembro Azul.

Novembro Azul: alimentos para a saúde masculina

Parte essencial desse cuidado com a saúde é a alimentação. Alguns alimentos oferecem benefícios para o organismo masculino de diferentes maneiras. Saiba quais são os itens que não podem faltar na dieta dos homens.

Peixes gordurosos

Nessa categoria entram o salmão, o atum e a sardinha, que são peixes ricos em ômega 3, uma gordura saudável que o nosso corpo não produz e só é adquirida por meio da alimentação. Esse ácido graxo é essencial para a saúde do coração e para o sistema nervoso, ajudando, inclusive, a reduzir problemas como a depressão. Essas carnes brancas também são ricas em colágeno e queratina, que previnem a calvície – problema de 20% da população masculina.

Alho

Esse tempero natural é importante para tratar gripes e infecções e também auxilia na produção de espermatozoides e melhora a circulação sanguínea na região genital.

Nozes

É uma importante oleaginosa para a saúde sexual masculina. Por ativar a circulação sanguínea na região genital, seu consumo ajuda a prevenir a disfunção erétil. Além disso, a gordura monoinsaturada colabora para reduzir o colesterol e o risco de diabetes.

Brócolis

É claro que não faltariam vegetais de folhas verde-escuras nessa lista. E por que destacar os brócolis? Além de ser fonte de fibras e vitamina C (importante antioxidante que previne o envelhecimento precoce), a hortaliça ainda é rica em aminoácidos que elevam os níveis de testosterona.

Feijão

Leguminosa que não falta à mesa de grande parte dos brasileiros, o feijão é rico em zinco, mineral diretamente ligado à produção da testosterona, por meio do estímulo à glândula tireoide. O zinco ainda favorece a mobilidade dos espermatozoides, o que evita a infertilidade e previne o câncer de próstata.

Linhaça

Problemas cardiovasculares, como hipertensão e infarto, são algumas das principais causas de morte entre os homens. E a linhaça é um potente aliado na prevenção e combate a essas doenças.

Vinho tinto

Uma taça de vinho tinto no jantar pode ser um poderoso remédio para a sua saúde. Diversos estudos mostram que a bebida ajuda no controle da pressão arterial e é fonte de um antioxidante chamado resveratrol, que evita o envelhecimento precoce do organismo.

Ostra

Quem nunca ouviu que a ostra é afrodisíaca? Isso não é lenda! Ela aumenta a produção de testosterona e, consequentemente, a libido masculina. Também é rica em zinco, mineral essencial para o homem.

Aveia

Alguns estudos mostram que o diabetes tipo 2 é uma das principais causas da disfunção erétil. E por ser rica em fibras, a aveia é fundamental para evitar o desenvolvimento dessa doença. Para potencializar seus efeitos, vale combinar o alimento com banana, fruta que colabora para a síntese da testosterona.

Tomate

O licopeno, antioxidante que confere a cor vermelha ao alimento, fortalece o sistema imunológico e é um aliado na prevenção ao câncer de próstata.

Sugestão Jasmine

Para potencializar a saúde masculina, invista em uma dieta diária composta por alimentos como a aveia e a linhaça, presentes no portfólio de produtos da Jasmine. Conheça nossa linha completa e garanta uma vida muito mais saudável!


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!