antioxidantes
antioxidantes

15 alimentos ricos em antioxidantes para incluir no cardápio

por Redação
em 21 de fevereiro de 2017

Quem consegue viver sem respirar ar poluído e sem ingerir agrotóxico nenhum? Pois é, na ausência dessas condições ideais, nosso corpo sofre o que se chama “estresse oxidativo”, que causa o envelhecimento precoce e o surgimento de doenças. Para evitar essa situação é que entram em cena os alimentos ricos em antioxidantes: eles combatem os radicais livres – produzidos naturalmente pela nossa respiração e pela produção de energia – e são grandes aliados para a manutenção das células saudáveis.

LEIA MAIS
8 alimentos que aumentam a imunidade
LEIA MAIS
Alimentos antioxidantes para uma vida mais saudável

Não existe uma quantidade mínima recomendada de alimentos antioxidantes, mas indica-se a ingestão diária de uma variedade de alimentos de todos os grupos básicos, visando “munir” o organismo para o combate à formação desses radicais livres.

15 alimentos com poder antioxidante

Açafrão (ou cúrcuma)

Uma especiaria que possui curcuminoides, compostos com ação anti-inflamatória e anti-idade. A cúrcuma é a raiz e o açafrão é a cúrcuma torrada, em pó.

Açafrão vai muito bem em refogados (foto: istock)

A cúrcuma vai muito bem em refogados (foto: istock)

Aveia

Fonte importante de silício, auxilia na estruturação da pele, minimizando o aspecto da celulite. Tem betaglucana, molécula que melhora a circulação sanguínea e dificulta a absorção da gordura pelo intestino.

Azeite de oliva

Rico em gorduras monoinsaturadas, tem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias. Dê preferência ao extravirgem, que tem taxa de acidez inferior a 1%. Consuma, no máximo, 2 colheres de sopa por dia.

Couve e espinafre

As vitamina C e E e a clorofilina presentes nesses vegetais servem como antioxidantes potentes que combatem o aparecimento da osteoporose, aterosclerose e hipertensão.

Frutas cítricas

Além da vitamina C, que é um poderoso antioxidante, as frutas cítricas também contêm bioflavonoides, que aumentam o tônus das veias, favorecendo a microcirculação. Bote limão, lima-da-pérsia, laranja e goiaba  na sua fruteira.

Frutas vermelhas

Morango e uvas vermelhas e roxas possuem protoantocianidina, substância que fortalece os vasos sanguíneos e linfáticos, melhorando a circulação. Aquelas conhecidas como superfrutas – que é o caso do cranberry, das amoras negras e do blueberry (também conhecido como mirtilo) – também contam com compostos antioxidantes característicos, principalmente em suas cascas.

As frutas vermelhas atuam contra o envelhecimento celular, reforçando o sistema imune e prevenindo doenças

As frutas vermelhas atuam contra o envelhecimento celular, reforçando o sistema imune e prevenindo doenças

Guaraná

O guaraná é uma fonte de catequinas. Efetivamente absorvidas, as catequinas reduzem o estresse oxidativo no organismo, relacionado ao surgimento de doenças neurodegenerativas e cardiovasculares, diabetes e câncer, inflamações e envelhecimento precoce em virtude da morte de células.

Melão

É importante na alcalinização do pH sanguíneo (é anti-inflamatório), sobretudo se ingerido com as sementes, que podem ser trituradas, o que garante maior fornecimento de fibras.

Óleo de gergelim

Grande fonte de vitaminas, em especial a E, que protege as células da ação dos radicais livres. Também tem ação anti-inflamatória.

O gergelim é fonte de proteínas, fibras e “gorduras do bem” (foto: istock)

O gergelim é fonte de proteínas, fibras e “gorduras do bem” (foto: istock)

Peixes

Peixes como salmão, atum, sardinha e arenque são ótimas fontes de ômega 3, a gordura que auxilia no combate à osteoporose.

Pepino

Diurético natural, alcalinizante e anti-inflamatório, ajuda a eliminar as toxinas e é rico em vitaminas A e C, além de sais minerais.

Sálvia

Ajuda a regular os hormônios femininos, sobretudo o estrogênio, intimamente relacionado à celulite.

Semente de abóbora

Ajuda a tornar o pH do sangue mais alcalino, o que afasta as inflamações. A semente de girassol, outro poderoso antioxidante, pode ser preparada da mesma forma.

Suco de uva integral

Fonte de resveratrol, um poderoso antioxidante presente na casca da uva. Atua “varrendo” os radicais livres do organismo, inibe a oxidação das gorduras e a agregação plaquetária, auxiliando na prevenção de doenças cardiovasculares.

Tomate

Fonte de licopeno, um antioxidante da família da vitamina A. Seu consumo está relacionado à redução do risco de câncer de próstata, pulmão e estômago. O licopeno também pode ser encontrado em cápsulas.

Dica Jasmine:

No caso dos produtos rotulados, verifique a presença das seguintes palavras no rótulo: ômega 3, ômega 6, ômega 9, antioxidantes, polifenóis, vitamina C, vitamina A, vitamina E, selênio, zinco, entre outras.

SUGESTÃO JASMINE

A Jasmine também tem produtos antioxidantes. A Linhaça Jasmine, por exemplo, é rica em ômega 3, um anti-inflamatório natural que auxilia na regulação hormonal. Também faz uma faxina interna, graças ao alto teor de fibras, o que contribui para evitar o acúmulo de impurezas que dificultam a irrigação e favorecem a celulite. Além da linhaça, ainda temos as Sementes de Girassol e de Abóbora e as Superfrutas, como as Gojiberries e as Cranberries. Experimente!

 


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!