Fale Conosco

Dia Nacional do Combate ao Colesterol: 22 alimentos que ajudam nesse controle

por Forte Apache
em 08/08/2020

De acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) as doenças cardiovasculares são a principal causa de mortes no mundo. Dados de 2015 mostram que cerca 17,7 milhões de pessoas morrem todos os anos em decorrência de problemas cardiovasculares e AVCs.

Grande parte desses problemas são causados pelos níveis altos de colesterol. Por essa razão, o Ministério da Saúde decidiu instituir o Dia Nacional do Combate ao Colesterol. A ideia é que todo dia 8 de agosto o órgão e demais instituições de saúde promovam campanhas educacionais conscientizando a população sobre a importância de controlar o excesso de colesterol no sangue.

A boa notícia é que uma alimentação saudável, combinada com atividades físicas e visitas regulares ao médico podem auxiliar a prevenir problemas relacionados ao colesterol alto. Portanto, além dos cuidados com a saúde, conhecer os alimentos que devem estar presentes na nossa dieta é fundamental para reduzir os riscos.

Colesterol alto: entenda os riscos para a saúde

O colesterol é um tipo de gordura presente em nosso organismo, seja pela produção natural ou pela alimentação, e que desempenha diversas funções. Entre eles, destacamos a composição estrutural das membranas celulares, o auxílio na produção dos ácidos e sais biliares e de hormônios como testosterona, estrógeno e cortisol.

Existem dois tipos de colesterol: o LDL (Lipoproteínas de Baixa Densidade), o chamado “colesterol ruim”, e o HDL (Lipoproteínas de Alta Densidade), o “colesterol bom”. Quando há excesso de LDL na circulação sem o devido aproveitamento pelas células, aumenta o risco de que essa substância se deposite nas paredes das artérias, aumentando o risco de aterosclerose (entupimento por gordura).

É por essa razão que é preciso ter cuidado com os alimentos que ingerimos. O excesso de alimentos como carboidratos refinados (pães, bolos e doces), refrigerantes e gorduras em geral contribui para o aumento do LDL, ocasionando problemas de saúde. É por essa razão que se sugere uma dieta mais rica dos chamados “alimentos cardioprotetores” — você pode conferir um PDF preparado pelo Ministério da Saúde com muitas dicas sobre o assunto. 

22 alimentos que podem ajudar no controle do colesterol

Os chamados alimentos cardioprotetores são aqueles que contêm substâncias importantes na proteção do coração, como vitaminas, minerais, fibras e antioxidantes. Além disso, eles não contêm nutrientes prejudiciais, como gorduras saturadas, colesterol e sódio. A lista foi extraída do Guia Alimentar para a População Brasileira e inclui alimentos in natura ou minimamente processados.

Reprodução: Alimentação Cardioprotetora: manual de orientações
para profissionais de saúde da Atenção Básica

Verduras

O grupo das verduras é composto por alface, repolho, couve, brócolis, espinafre e agrião, entre outras. Elas contêm vitaminas e minerais que ajudam a fortalecer o sistema imunológico e proporcionam benefícios funcionais, como aceleração do trânsito intestinal e prevenção às doenças cardiovasculares.

Frutas

Entre as frutas podemos destacar banana, laranja, maçã, mamão, uva, limão, abacaxi, apenas para citar algumas. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, é recomendada a ingestão diária de pelo menos 400 gramas de frutas e hortaliças diariamente. No caso das frutas, os sucos naturais também entram nessa conta.

Legumes

Na lista dos legumes podemos mencionar cenoura, tomate, beterraba, abobrinha, chuchu, entre outros. Saborosos e nutritivos, eles têm baixo índice calórico, elevada porcentagem de fibras e vitaminas. A beterraba, por exemplo, é uma grande aliada na luta contra a anemia, pois traz as vitaminas B1, B2, B5, C, potássio, cálcio e alto teor de ferro.

Leguminosas

As leguminosas são um grupo composto por itens como feijão, soja, lentilha e ervilha. Elas são ricas em vitaminas do complexo B, que ajudam a equilibrar a ansiedade, o estresse, a fadiga e a concentração. Importantes fontes de vitaminas, proteínas e minerais, elas são fundamentais para garantir a saciedade, os níveis recomendados de colesterol, o bom funcionamento do intestino e o controle da glicemia.

Transformando as pessoas pela alimentação saudável

Há mais de três décadas o objetivo da Jasmine Alimentos é transformar as pessoas por meio da alimentação saudável. É por isso que nossa linha de produtos prioriza itens de qualidade, integrais, orgânicos, sem glúten ou sem açúcar, mostrando que é possível conciliar sabor e saúde em alimentos nutritivos e perfeitos para toda a família. 


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!

Formulário de contato financeiro

Formulário de contato logística

Formulário de contato compras

Formulário de contato comercial

Para falar com nossa assessoria envie e-mail
para: centralpress@centralpress.com.br

Para falar com o nosso time de Marketing envie e-mail para: mkt@ns-group.com

SAC/Atendimento ao consumidor 0800 701 8003

Seus dados estarão em segurança. A qualquer momento você poderá deixar de receber as nossas mensagens. Política de Privacidade