alimentacao na terceira idade
alimentacao na terceira idade

Confira dicas de alimentação na terceira idade

por Redação
em 23 de fevereiro de 2017

O cuidado com o que consumimos deve estar presente em todas as fases da vida. No entanto, com o passar do tempo, as necessidades nutricionais do organismo sofrem algumas mudanças. A alimentação para a terceira idade, por exemplo, exige mais cuidados já que, nessa época da vida,o corpo passa a ter maior dificuldade na absorção de nutrientes importantes, o que pode acarretar no desenvolvimento de algumas doenças, como  a osteoporose.

“Apesar do envelhecimento ser um processo natural, o organismo sofre diversas alterações anatômicas e funcionais que influenciam as condições de saúde e nutrição do idoso. Várias pesquisas demonstram que existe uma deficiência de vitaminas e minerais em pessoas acima de 65 anos, que são atribuídas aos fatores socioeconômicos, às doenças, às alterações do modo de vida e aos hábitos alimentares”, explica o médico gastroenterologista e nutrólogo, Hamilton Funes.

Vegetais ricos em fibras

Vegetais são ricos em fibras, nutriente essencial ao cardápio do idoso Foto: Istock/Getty Images

Alimentação na terceira idade: o que não pode faltar à mesa

De acordo com o nutrólogo, alguns nutrientes como cálcio, vitamina D, fibras, proteínas, vitamina B12 e zinco são essenciais e devem estar sempre presentes no cardápio dos idosos. As fibras podem ser encontradas em vegetais, frutas, legumes e produtos integrais. Já o cálcio está presente em alimentos como leite, queijo branco, iogurte e vegetais de cor verde-escura, como a couve e o brócolis.

Alimentos feitos à base de ingredientes refinados, como o açúcar e a farinha branca, e com acúmulo de agrotóxicos dificultam ainda mais a absorção de nutrientes pelo intestino. “Esses nutrientes provocam o cansaço orgânico e uma destruição não aparente, que debilita e propicia a formação de doenças crônico-degenerativas como prisão de ventre, obesidade e doenças cardíacas”, explica o médico Hamilton Funes.

Cuidados básicos com a alimentação

A maior parte dos alimentos deve ser cozida, de preferência no vapor, e preparada de modo que a mastigação seja facilitada. A dica é variar o cardápio, pois quando os alimentos são cozidos há menos vitaminas, sais minerais e fibras. 

LEIA MAIS
Os benefícios do Ômega 3 para combater a Osteoporose
LEIA MAIS
De grão em grão contra a osteoporose

Os idosos também devem evitar o consumo de grandes quantidades de alimentos de uma única vez. O ideal, segundo o médico, é investir na alimentação fracionadaou seja, comer em menor quantidade, dividindo a alimentação em cinco refeições ao longo do dia, para não sobrecarregar o estômago.

Além de uma alimentação saudável, rica em nutrientes, a prática regular de exercícios físicos também é fundamental para a terceira idade. Entre os benefícios, estão a prevenção de doenças, a melhora da força muscular, o aumento da autoestima e a diminuição do isolamento social.

 


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!