Como guardar alimentos: o que deve ficar fora da geladeira

por tatiana.barros
em 29 de março de 2018

A maneira com que os alimentos são armazenados é um dos pontos que fazem toda diferença em suas conservações. No entanto, esse detalhe tão importante é algo que a grande maioria ignora e uma breve olhada na geladeira de pessoas próximas pode comprovar isso.

Como guardar alimentos

É muito comum achar que o simples fato de colocar determinado alimento na geladeira é garantia de prolongar sua vida útil. Mas a verdade é que alguns itens precisam de ventilação e luz natural.

LEIA MAIS
Como organizar a geladeira: o que guardar em gavetas, prateleiras e porta
LEIA MAIS
Comportamento alimentar: O que seu jeito de comer diz sobre você

Saiba quais são alguns dos alimentos que costumamos armazenar na geladeira, mas que na verdade não devem ficar ali:

Cebola

A umidade da geladeira faz com que a cebola amoleça mais rápido. A melhor forma de armazenamento é em local escuro, dentro de sacos de papel abertos, sacos de junta ou caixas de madeira. Outra dica é não deixar perto de batatas, que colaboram para que ela apodreça mais rápido.

Alho

É o mesmo caso da cebola. A umidade faz com que o alimento fique sem sabor, a textura elástica e pode até mesmo criar mofo. O melhor é armazenar da mesma forma em que guarda a cebola.

Mel

O mel não precisa ir à geladeira, nem mesmo após aberto. Esse tipo de armazenamento faz com que ele engrosse e o açúcar cristalize. Coloque-o dentro da despensa ou no armário da cozinha.

Batatas

Na geladeira, o amido da batata se transforma em açúcar e muda de sabor, de cor e de textura. Por isso, prefira armazenar dentro da despensa, desde que seja um ambiente escuro, fresco e arejado. Vale ainda guardar a batata em um saco de papel aberto, sacos de junta ou caixas de madeira.

Pão

A refrigeração pode fazer com que o pão resseque mais rápido e perca sabor. No entanto, congelá-lo pode ser uma opção para quem não pretende comer em até quatro dias (tempo máximo recomendado para consumo).

Café

Há quem prefira colocar o pó de café na geladeira e isso não é, necessariamente, um problema. A questão é que o alimento costuma absorver odores de outros produtos e, por isso, a dica é colocá-lo em um recipiente hermeticamente fechado.

Manjericão

Esse é um tipo de tempero natural que confere sabor extra às receitas. A melhor forma de armazená-lo é fora da geladeira. A dica é lavar bem, secar, cortar os caules em diagonais e deixá-lo em um copo com água e coberto com um saco plástico.

Morango

Se você acabou de colher morangos, não os coloque na geladeira, pois isso pode afetar o sabor e a textura da fruta. Além disso, aumenta também o risco de mofo. Prefira deixar os morangos recém-colhidos em temperatura ambiente.

Melão e melancia

Essas duas frutas devem ser mantidas inteiras fora da geladeira. Isso porque alguns estudos mostraram que em temperatura ambiente seus antioxidantes são preservados. Após cortadas, pode armazená-las na geladeira, mas por no máximo quatro dias.

Tomate

É muito comum deixar o tomate na geladeira, mas esse é um grande erro. As temperaturas mais baixas afetam sua estrutura celular e deixam a textura e o sabor desagradáveis. Deixe o tomate em temperatura ambiente e longe de luz solar direta.

Banana

Nesse caso, vai depender do seu objetivo: se você quer retardar a maturação da fruta, vale colocar na geladeira. Caso o objetivo seja que ela amadureça mais rápido, deixe em temperatura ambiente. E dica extra: se colocada ao lado da maçã, a banana irá amadurecer ainda mais rápido.

Maçã

A maçã pode ser conservada por até três semanas fora da geladeira. Por isso, prefira deixá-la na fruteira, em temperada ambiente.

 

 


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!