Como desinchar a barriga: saiba que alimentos deve consumir

por tatiana.barros
em 18 de setembro de 2017

Tem dias em que parece que a barriga está bem maior do que deveria.  O inchaço abdominal pode ocorrer por causa de acúmulo de gases ou líquidos,  que aparece depois do consumo de alimentos cuja digestão é mais difícil, em casos de prisão de ventre e até como reação a alguns medicamentos. Mulheres têm uma tendência a mais de sofrer com esse inchaço, especialmente no período pré-menstrual, quando há uma maior retenção de líquidos pelo organismo. É possível, no entanto, escolher alguns alimentos que ajudam a desinchar a barriga e melhorar bastante esse desconforto.

Como desinchar a barriga

Confira uma lista de alimentos que devem ser consumidos não apenas para combater a distensão abdominal mas sim regularmente, para prevenir esse problema.

Chá

chá verde e as infusões de hibisco, de hortelã e de gengibre possuem ação termogênica, colaboram para a digestão e são anti-inflamatórios. Para potencializar o efeito dessas bebidas, vale ainda acrescentar cravo e canela e beber assim que acordar ou antes de dormir.

Mamão

É uma fruta que deve ser consumida com frequência por quem sofre de inchaço, especialmente por prevenir a constipação, graças a duas enzimas chamadas papaína e quimopapaína, que quebram as proteínas presentes nos alimentos.

LEIA MAIS
O que é constipação e a importância das fibras na prevenção
LEIA MAIS
17 alimentos para ganhar massa muscular e perder gordura

Banana

O potássio é importante para evitar ou aliviar esse desconforto, porque ajuda a eliminar o excesso de sódio no organismo. A banana é uma das principais fontes desse mineral.

Grãos integrais

Não é novidade que os grãos integrais são fontes de fibras solúveis. E o que isso significa? As fibras são responsáveis pela digestão e bom funcionamento do nosso intestino. Por isso, adicione na sua rotina alimentar o consumo de linhaça, germe de trigo, chia e gergelim, entre outros. A quinoa é especialmente indicada por conter grande quantidade de potássio, importante para evitar o inchaço.

Folhas verdes

Vegetais como alface e couve possuem alto teor de clorofila. Essa substância limpa o intestino e reduz o excesso de líquido, o que ajuda a desinchar a barriga.

Cenoura

As vitaminas da cenoura estimulam o metabolismo a trabalhar, o que é essencial para evitar o inchaço causado por uma digestão lenta.

Abacaxi

Você já percebeu como o abacaxi combina com carne? E não é apenas por causa do sabor. A fruta facilita a digestão da proteína animal, o que evita aquela sensação de estômago pesado que sentimos depois de comer um churrasco, por exemplo.

Kiwi

Mais um alimento rico em clorofila e minerais, como o potássio, que limpam o organismo e reduzem o inchaço.

Alcachofra

A alcachofra possui uma grande quantidade de cinarina, substância que aumenta a produção de bílis no fígado e, assim, evita a indigestão.

Melancia

É uma fruta com alta concentração de água. Por isso, ela ajuda a limpar o organismo e desinchar a barriga. E mais: por ser fonte de fibras, ainda promove saciedade e ajuda na digestão.

Farelo de aveia

Esse é um ótimo alimento para fazer parte da sua rotina matinal, acompanhando iogurte, vitaminas, sucos ou frutas. O farelo de aveia é rico em fibras que estimulam o trânsito intestinal e promovem maior saciedade.

Iogurte

O iogurte natural, preparado sem açúcar, aumenta o número de bactérias benéficas no intestino, o que evita a sensação de inchaço.

Água e atividade física

Além de incluir esses alimentos na sua dieta, é essencial ingerir muita água durante todo o dia. Essa é a melhor forma de limpar o organismo e evitar ou reduzir o inchaço. E mais: evite consumir produtos ricos em sal, já que o sódio é um dos principais responsáveis pela retenção de líquido.

Por fim, não abra mão da prática regular de atividades físicas que, entre diversos outros benefícios, colabora para também evitar a retenção de líquidos e inchaço.

Sugestão Jasmine

A Jasmine conta com uma seleção de produtos para você consumir para desinchar a barriga. Invista no farelo de aveia, linhaça, chia e germe de trigo.

 


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!