comidas natalinas
comidas natalinas

Comidas natalinas: opções saudáveis e tradicionais

por tatiana.barros
em 2 de dezembro de 2017

Não há como negar que todas as delícias gastronômicas que compõem as ceias de Natal são um dos grandes responsáveis pela expectativa em relação a essa celebração. E não há como negar também que muitas vezes fica difícil não exagerar diante de algumas comidas natalinas que esperamos justamente essa época para saborear.

LEIA MAIS
Panettone Jasmine: A tradicional receita italiana sem glúten
LEIA MAIS
Dicas para uma ceia de Natal simples, saudável e nutritiva

Mas a verdade é que as ceias de fim de ano não precisam ser sinônimo de peso na balança – nem na consciência. Muitos dos pratos típicos dessas datas são grandes aliados da nossa saúde e podem ajudar, inclusive, a manter a dieta, mesmo com tantas tentações.

Comidas natalinas que são aliadas da saúde

Saiba quais são os alimentos que não faltam nas ceias de Natal e que são opções benéficas para o nosso corpo.

Peru

Natal é a época das carnes magras, e nada melhor do que investir no peru. Essa é uma ave leve, saborosa e com baixo teor de gorduras. Além de ser fonte rica em proteínas, também concentra vitamina B6, importante para a saúde cerebral, e selênio, mineral com alto poder antioxidante.

Nuts

Seja como aperitivos ou ingrediente de receitas doces e salgadas, dificilmente você irá passar as datas de fim de ano sem se deparar com nozes, castanhas, avelãs ou amêndoas. Esses nuts são ideais para não exagerar na hora da ceia, sabia? Isso porque as oleaginosas são ricas em fibras, que prolongam a sensação de saciedade e mais: são determinantes para uma boa digestão. Esses são alimentos que também controlam os níveis de colesterol e são especialmente indicados para quem sofre de diabetes. Só não vale exagerar no consumo, uma vez que são alimentos calóricos.

Panetone

Como falar em receitas típicas de Natal sem citar o tradicional panetone? A iguaria de origem italiana, nem sempre, figura entre as opções mais saudáveis para essa época. Mas para mudar esse cenário, a Jasmine lançou o produto com um toque especial: ele não contém glúten, o que o torna totalmente seguro para o consumo por pessoas celíacas ou que simplesmente desejam cortar essa proteína da dieta.

Vinho

Essas datas pedem um brinde especial e, para isso, nada melhor do que uma taça de um bom vinho. Na quantidade certa, essa bebida é um poderoso remédio para a sua saúde, por ajudar no controle da pressão arterial, além de ser fonte de um antioxidante chamado resveratrol, que evita o envelhecimento precoce do organismo. Mas nada de usar esse fato para exagerar na dose. O segredo para os benefícios é moderação.

Frutas vermelhas

Fazem parte desse grupo o morango, a framboesa, a romã, a cereja e o goji berry. Essas frutinhas podem fazer parte de diferentes receitas e, o melhor: vale consumir sem receio. Elas são ricas em flavonoides, compostos que agem como antialérgicos, anti-inflamatórios e antioxidantes. Também são fontes de vitaminas A, B1, B2 e C, além de minerais, como o cálcio e o ferro.

Quinoa

O “grão materno” pode substituir o arroz ou ainda ser ingrediente principal de farofas. E motivos para investir nesse superalimento não faltam! Essa é a melhor fonte vegetal de proteínas, o que é perfeito para vegetarianos e veganos, além de ter uma concentração de ferro superior a do feijão.

Lentilha

Há quem não abra mão desse grão no Réveillon e mesmo se você não for adepto de simpatias, vale investir na lentilha. Isso porque, além de ser fonte de vitaminas, minerais, proteínas e fibras, ela tem baixo teor calórico e, portanto, não prejudica a dieta.

Frutas secas

Você pode até fazer parte do time que não suporta uva-passa e acha que ela deveria ser banida das receitas natalinas. Mas que tal dar chance então para outras frutas secas, como figo, tâmara, ameixa ou damasco? Esses são alimentos ricos em fibras e, portanto, prolongam a saciedade, reduzem o apetite e ainda regularizam o funcionamento intestinal. Para completar, ainda são fontes de vitaminas e minerais.

Bacalhau

Um dos peixes mais saudáveis existentes, o bacalhau é muito versátil, logo opções para pratos saborosos com ele não irão faltar. E para aumentar as vantagens, ainda é rico em minerais, ácidos graxos, vitaminas A, E e D e é quase livre de colesterol.

Chocolate

Missão quase impossível passar por essas celebrações todas sem se render ao chocolate, não é mesmo? E a boa notícia é que ele pode ser sim um aliado da sua saúde. É claro que para isso é preciso investir na versão amarga, com pelo menos 70% de cacau na composição. O cacau é rico em flavonoides, um poderoso antioxidante, além de ser fonte de vitaminas e minerais, como o potássio, o cobre, o cálcio, o magnésio e o ferro. O triptofano, encontrado também em grão, ativa a serotonina, neurotransmissor ligado ao humor e ao bem-estar. Por isso, sentimos uma sensação de prazer ao saborear essa iguaria. Mas nada de exagerar, pois esse é um alimento calórico e que colabora para o ganho de peso.

Tags

Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!