Entenda os doshas e como eles influenciam a alimentação

por Redação
em 22 de maio de 2017

“Ciência da vida”: Essa é a tradução de Ayurveda, sabedoria desenvolvida pelos indianos há mais de sete mil anos e que é um dos mais antigos sistemas medicinais existentes. A medicina ayurvédica baseia-se na ideia de que todas as pessoas possuem doshas, que são influenciados pelos cinco elementos do universo (éter, ar, fogo, água e terra).

Todo mundo carrega em si os três doshas existentes, em diferentes proporções: Vata, regido por ar e éter, Pitta, por fogo e água, e Kapha, por terra e água. Quando nascemos, essa proporção dos elementos está em equilíbrio (prakrti), mas ao longo dos anos há um desequilíbrio natural causado pelo estilo de vida de cada um, o que para os estudiosos dessa sabedoria colabora para o surgimento das doenças.

Tipos de dosha

Cada pessoa possui quantidades e combinações diferentes dos elementos da natureza no seu corpo. O elemento dominante é o que determina o dosha principal, enquanto o secundário é aquele presente em menor proporção. A medicina ayurvédica classifica sete tipos básicos: 1) vata 2) pitta 3) kapha 4), pitta-vata 5) kapha vata-6), pitta-kapha 7) vata pitta-kapha.

Mas por que é importante conhecer o seu dosha? Para a Ayurveda, os doshas definem as necessidades nutricionais, físicas e psicológicas de cada pessoa. Identificar e compreender o seu dosha ajuda a compor uma dieta alimentar e uma rotina que beneficiem o seu corpo e o seu espírito.

LEIA MAIS
Ayurveda: a medicina indiana que une saúde física e emocional

Características de cada dosha

Pitta

É o dosha cujo elemento fogo predomina. As pessoas de Pitta possuem pele clara, cabelos loiros ou ruivos e olhos claros, com pele oleosa. Suas características são a fala bem articulada, fome intensa, intelecto aguçado, veia empreendedora, atração por desafios, agilidade e ciúmes. Também não gostam de ser contrariadas e têm tendência a se irritarem facilmente. Por ser ligado ao fogo, é o dosha mais quente e intenso.

Dieta alimentar do Pitta: Por ser um dosha quente, é indicado o consumo de alimentos frios, crus e secos. Por isso, deve-se evitar laticínios gordurosos. Os melhores óleos para o Pitta são de girassol e de coco. Prefira ingerir frutas de sabor mais doce, como manga, melão, maçã, coco e uva, além de vegetais variados.

Grãos: arroz, trigo, quinoa, cevada e aveia.

Temperos: coentro, cardamomo, erva-doce, açafrão e hortelã.

Vegetais: brócolis, couve-flor, couve-de-bruxelas, aspargos, pepino, folhas verdes escuras, ervilha, abobrinha, abóbora, aipo, quiabo, alface, cenoura, vagem, batata e batata-doce.

Se esse for o seu dosha, evite alimentos com sabores ácidos, salgados e picantes, por aumentarem o elemento fogo.

Kapha

É o dosha que resulta da união entre os elementos água e terra. A pessoa de Kapha possui boa resistência física, uma pele fria, oleosa e pálida, e cabelos crespos. Em relação à personalidade, são tranquilas, relaxadas, afetuosas e tolerantes. Possuem um sono pesado, digestão lenta e têm tendência à obesidade, embora raramente fiquem doentes. O dosha karpha possui também movimentos mais lentos e demoram um pouco mais para assimilar informações novas.

Dieta alimentar de Kapha:  Como é um dosha marcado por qualidades mais frias, a alimentação deve privilegiar comidas quentes. Aposte em vegetais feitos no vapor, feijões, temperos picantes, grãos leves.

Grãos: cevada, milho, trigo.

Laticínios como leite, manteiga e ghee não são bons, pois aumentam as qualidades Kapha no organismo.

Frutas leves: maçã, amora, framboesa, pera, frutas secas e romã.

Temperos: cominho, cravo, gengibre fresco e em pó, semente de mostarda, pimenta do reino, açafrão, cardamomo. Evite o sal.

Vegetais: repolho, couve-flor, couve-de-bruxelas, cenoura, vagem, jiló, folhas verdes escuras, brócolis, acelga.

Prefira ainda as carnes de frango e peru e evite o consumo de laticínios por aumentarem o Kapha. Os únicos adoçantes liberados são o mel e a stevia.  Reduza também consumo de óleo.

doshas

Foto: Istock/Getty Images

Vata

A estrutura desse dosha é composta pelos elementos éter e água. Essa combinação resulta em pessoas magras, leves, com andar rápido e tendência a sentirem dores nas articulações. A personalidade é marcada pela criatividade acima de média, entusiasmo, rapidez para executar tarefas (embora tenha facilidade para se distrair), e disposição de ânimo irregular. Vata ainda é marcado pela tendência a ter prisão de ventre, insônia e excesso de preocupações.

Dieta alimentar de Vata: É indicada uma alimentação mais natural, quente e oleosa, com sabores doces, ácidos e salgados.

Frutas maduras e adocicadas: banana, cereja, amora, uva, melão, laranja lima, pêssego, abacaxi, ameixa, mamão, abacate, coco.

Vegetais cozidos: aspargo, beterraba, cenoura, pepino, cebola, ervilha, batata doce, abóbora, espinafre, lentilha, azeitona, alho, feijão verde, aipim, inhame, cará, brócolis e couve-flor.

Cereais cozidos ou aquecidos: aveia, quinoa, arroz integral e trigo.

Laticínios: leite de vaca ou de cabra, queijo minas, coalhada (orgânicos).

Alimentos de origem animal: galinha caipira ou frango orgânico, ovos, peixes e frutos do mar, peito de peru.

Temperos: pimenta, tomilho, cravo, canela, cardamomo, cominho, coentro, alho, gengibre, noz moscada, orégano, hortelã, açafrão, alecrim, cebola, erva doce, manjericão, orégano, salsa, cebolinha e louro.

Oleaginosas indicadas com moderação: castanhas, amêndoas, pistache, nozes, gergelim (tahine), amendoim e coco.

Evitar alimentos frios, secos, amargos, leves e gelados.

 SUGESTÃO JASMINE

Gostou de saber sobre os doshas? A Jasmine conta com uma seleção de produtos ideais para cada tipo de dosha: Para Pitta, temos a Quinoa Real, conhecida como “supergrão”, é vista s como o melhor alimento proteico de origem vegetal, por seu alto valor nutritivo e funcional, e a Aveia Orgânica, cereal importante para o bom funcionamento do organismo e manutenção do peso e bem-estar.

Para Kapha, temos o Stevine, adoçante 100% vegetal e natural, elaborado à base de extrato de folhas de Stévia concentradas e tratadas naturalmente. Temos ainda o Germe e a Fibra do Trigo, ingredientes que fornecem naturalmente fibras que podem auxiliar no bom funcionamento do organismo, principalmente intestino, com baixo teor de gorduras.

Para Vata temos o Tahine, um creme de gergelim natural e integral obtido exclusivamente das sementes do gergelim integral tostado e moído, e a Farinha de Trigo Integral, obtida através da moagem dos grãos inteiros do trigo, mantém a estrutura do farelo e do gérmen, que são as principais fontes nutritivas do grão.


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!