sintomas da TPM
sintomas da TPM

Alimentos que aliviam os sintomas da TPM

por Redação
em 22 de junho de 2017

Inchaço, dores de cabeça e nos seios, humor alterado, vontade de comer chocolate compulsivamente. Qualquer mulher saber que esse conjunto de sintomas indesejáveis é sinônimo de TPM. No entanto, alguns hábitos podem aliviar esses sinais e uma alimentação adequada é o principal deles.

Há estudos que mostram que as mulheres ocidentais costumam sofrer mais com a TPM do que as orientais, e isso tem relação direta com os tipos de produtos que ambas consomem. Enquanto o primeiro grupo é adepto de mais alimentos industrializados, o segundo grupo preza por uma alimentação mais natural.

LEIA MAIS
Saúde da mulher: dicas de alimentação para TPM, gravidez e menopausa

 

O que comer para aliviar os sintomas da TPM:

Água: Beber água ajuda a desinchar, uma das reações da TPM. Vale ainda consumir outros líquidos, como sucos naturais, chás e água de coco.

Vitamina B6: Evita o inchaço, a fadiga e proporciona bem-estar. O nutriente é encontrado na carne, em cereais integrais e em vegetais verde escuros.

Vitamina D: A vitamina D atua em conjunto com o cálcio e interfere nos níveis de estrogênio. Para isso, o indicado é consumir alimentos como ovos, leite e salmão. Além disso, não deixe de se expor ao sol por ao menos 15 minutos ao dia, antes das 10h ou depois das 16h.

Vitamina E: Alimentos como cereais integrais, nozes, castanhas, azeite de oliva, azeitona, óleo de soja e de girassol, milho, gema de ovo, agrião e gérmen de trigo são fontes desse nutriente e ajudam a reduzir sintomas como cólica e dor de cabeça.

Fibras: Alimentos que contêm fibras, como grãos, cereais, frutas e vegetais, ajudam no bom funcionamento do intestino, o que evita problemas como prisão de ventre. Além disso, esses nutrientes mantêm o nível de açúcar no sangue, o que confere maior saciedade e evita aquela vontade incontrolável de comer doce.

Ácidos graxos: Os ácidos graxos são bons aliados na luta contra a TPM. O ômega 3 é encontrado no salmão, na sardinha, no óleo de soja, no azeite e na linhaça e tem propriedades anti-inflamatórias que reduzem as espinhas, tão comuns nesse período. Já o ômega 6 está presente em alimentos como óleo de milho, óleo de girassol, leite, ovos, lula e açafrão e tem como função aliviar a retenção de líquidos, dores nas mamas e a irritabilidade.

Cálcio: O cálcio diminui a contração muscular do útero e a retenção de líquidos. Por isso, o consumo de alimentos como leite e vegetais de cor verde-escura ajuda a aliviar a cólica e a dor nas costas.

Magnésio: Esse mineral ajuda a complementar a função do cálcio e, com isso, auxilia na redução de sintomas como a cólica, a compulsão por doces e a dor de cabeça. Alimentos ricos nesse nutriente: vegetais de cor verde-escura, nozes, granola, arroz integral, abacate e beterraba.

Zinco: Alimentos como carnes magras, peixes, leite, cereais integrais, feijões e nozes são fontes desse mineral e ajudam a reduzir sintomas como ansiedade e irritabilidade. Além disso, controlam o aparecimento de acne, que costuma ser acentuado nesse período.

É importante ainda evitar o consumo de bebidas que contêm cafeína, como café, refrigerantes e chá, pois aumentam a irritabilidade, aceleram o batimento cardíaco e causam insônia. Durante esse período, corte ainda a ingestão de gorduras saturadas, como frituras, carnes e queijos amarelos, pois estimulam o surgimento de inflamações.

LEIA MAIS
Alimentação na gravidez: como investir em uma dieta saudável
LEIA MAIS
Menopausa: o que comer para aliviar os sintomas

Receitas para aliviar os sintomas da TPM:

Pão integral com linhaça

Bolo integral orgânico de chocolate

Bolo integral de banana e passas

SUGESTÃO JASMINE

Quer investir em alimentos para combater os sintomas da TPM? Nosso portfólio de produtos conta com uma gama de opções para te ajudar nesse processo. As Granolas Jasmine são fontes de fibras, vitaminas e cálcio, a Linhaça Dourada é rica em fibras, ômega 3 e magnésio e os Cookies são opções nutritivas e saborosas, que reduzem a compulsão por doces. Não deixe de experimentar esses e outros produtos da Jasmine!


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!