alimentos para lactantes
alimentos para lactantes

Alimentos para lactantes: o que comer na fase de amamentação

por tatiana.barros
em 14 de março de 2018

Uma das principais preocupações das mães, após o nascimento dos seus bebês, é em relação à amamentação, uma vez que o leite materno é considerado o “padrão ouro de alimentação”e oferece, comprovadamente, benefícios únicos ao bebê, desde o aporte ideal de nutrientes ao fortalecimento do sistema imunológico.

Alimentos para lactantes

Embora nenhum alimento por si só tenha a capacidade de aumentar a produção de leite materno, há produtos que são benéficos para a saúde da mãe, o que interfere também na qualidade do leite e no desenvolvimento da criança.

alimentos para lactantes

LEIA MAIS
Alimentação na gravidez: como investir em uma dieta saudável
LEIA MAIS
Amamentação: leite materno x fórmulas lácteas

Por isso, se você é lactante, saiba agora mesmo o que deve entrar na sua rotina alimentar:

Salmão

Como se sabe, esse é um alimentos que possui maior concentração de Ômega 3 em sua composição. Esse ácido graxo,  presente no leite materno, é importante para o desenvolvimento do sistema nervoso do bebê.

Ovos

As proteínas presentes no ovo são importantes para a construção e renovação das células e dos tecidos da mãe e do bebê. Já a colina presente no alimento (vitamina pertencente ao complexo B) promove o crescimento do bebê e colabora para a saúde cerebral.

Iogurte natural

Derivados do leite também ajudam nessa fase da amamentação e uma das opções mais saudáveis é o iogurte, por ser rico em cálcio, proteínas e vitaminas do complexo B. Além disso, esse é um alimento que pede o acompanhamento de outros produtos nutritivos e ricos em fibras, como frutas, granola, quinoa, aveia e chia, por exemplo. Para quem é vegano e não consome leite e seus derivados, uma boa opção é o leite de amêndoa.

Arroz integral

Alimentos integrais, como o arroz, devem fazer parte da dieta da mãe porque são fontes de carboidratos, que aumentam a energia, assim como podem colaborar para a produção de leite. Mas não só isso. Alimentos ricos em fibras são determinantes para o bom funcionamento do sistema digestivo e previne a diabetes, entre outros benefícios.

Folhas verdes

Vegetais como manjericão, couve, o espinafre e o brócolis são fontes ricas de ferro, vitamina E, ácido fólico e potássio. E contam com o trunfo de serem excelentes fontes de cálcio e a vitamina D, que ajudam na formação óssea do bebê, na contração muscular e colaboram para os batimentos cardíacos.

Carne magra

O ferro é encontrado em grandes quantidades na carne magra e isso é altamente benéfico, uma vez que colabora para a produção de hemoglobinas, que têm uma queda após o parto.

Laranja

A laranja, assim como outras frutas cítricas, são fontes ricas de vitamina C. O nutriente é importante por ajudar na absorção do ferro, evitar infecções e regular o intestino. Outras frutas que vale a pena investir são as berries, como a amora e cramberries, que são ricas em antioxidantes e protegem a saúde da mãe e do bebê.

Água

Como dissemos, não há fórmula mágica para garantir uma maior produção de leite. No entanto, se há algo que é determinante nesse objetivo, é beber água. Para ter leite, é essencial que a mãe esteja bem hidratada. Por isso, deve-se consumir entre 3 e 4 litros diariamente. Vale ainda investir em outros líquidos, como suco natural (sem açúcar) e água de coco.

SUGESTÃO JASMINE

Confira alguns produtos Jasmine que precisam entrar na sua dieta: O Arroz Agulhinha Integral Orgânico Jasmine preserva intacto o germe, a camada interna e a externa do grão, onde se concentram a maior parte dos nutrientes, e é fonte de fibras e proteínas. A Aveia é um dos cereais de maior qualidade nutricional devido à presença de diversos macro e micronutrientes. Para um lanche mais saudável, a sugestão é a linha de Cookies integrais e Rosquinhas Jasmine, produtos ricos em fibras, proteínas e minerais, acompanhada do nosso suco de laranja orgânico.

Conheça nossa linha completa de produtos!

 


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!