alimentos funcionais
alimentos funcionais

Alimentos funcionais: Por que eles são benéficos para a sua saúde

por Redação
em 23 de abril de 2014

O que alimentos como a Maca Peruana, a Goji Berry e a Chia têm em comum? Todos são considerados alimentos funcionais porque possuem ingredientes bioativos que agem visando corrigir distúrbios metabólicos e reduzir a ocorrência de doenças crônicas degenerativas, além de promover a manutenção do bom funcionamento do organismo e sua saudabilidade.

LEIA MAIS
Gastronomia funcional
LEIA MAIS
Linha Funcionallis: complementos alimentares com nutrientes essenciais à saúde

Segundo a nutricionista Cristiane Gurczakovski, do Centro de Tecnologia de Alimentos Jasmine, todo alimento ou ingrediente que afeta beneficamente uma ou mais funções do nosso organismo, influenciando na saúde e bem-estar, prevenindo ou auxiliando o tratamento medicamentoso de determinadas patologias, pode ser considerado funcional. “Ter uma alimentação funcional significa incluir o maior número possível de alimentos naturais – ou com o mínimo de processamento industrial que, além de nutrir, também protejam o organismo contra patologias”, explica a nutricionista. “Esses alimentos podem, por exemplo, proteger o coração da ocorrência de infartos e até evitar a degeneração de células, o que ajuda a prevenir diversos tipos de câncer”, complementa.

Onde comprar alimentos funcionais

Os alimentos funcionais estão muito mais perto do que imaginamos e vão além das recentes descobertas e lançamentos, como as superfrutas ou supergrãos. Aliás, alguns deles certamente já devem fazer parte do seu cardápio diário, assim como o tomate, a cebola, a maçã, a soja, o feijão azuki, as castanhas e a aveia, entre outros. Todos são exemplos de alimentos funcionais porque são prebióticos, ou seja, estimulam seletivamente o crescimento e a atividade de uma ou mais espécies bacterianas no cólon (intestino). “São exemplos de prebióticos os frutoologosacarídeos (FOS), a pectina, as ligninas e a inulina”, explica a nutricionista Cristiane.

LEIA MAIS
Oleaginosas: benefícios e diferenças entre castanhas, nozes e amêndoas
LEIA MAIS
Como consumir quinoa? Saiba tudo sobre esse supergrão rico em ferro e cálcio

“Os frutooligosacarídeos (FOS) estão presentes em alimentos como a cebola, alho, tomate, banana e em cereais integrais como a cevada, aveia e trigo. Já a pectina está presente na entrecasca dos cítricos, do maracujá e na maçã, enquanto que as ligninas aparecem nas cascas de frutas oleaginosas (linhaça, gergelim, amêndoas, castanhas, etc.) e leguminosas como a soja e o feijão azuki. Por fim, a inulina é encontrada principalmente na raiz da chicória, no alho, cebola, aspargos e alcachofra”, acrescenta.

Como incluir alimentos funcionais no cardápio

•    Substituir o arroz parboilizado ou branco pelo arroz integral;
•    Trocar o pão branco por granola integral no café da manhã;
•    Acrescentar aveia, linhaça e chia em sucos ou vitaminas, frutas ou iogurtes ou, até mesmo, nas preparações salgadas e saladas;
•    Utilizar ervas e óleos vegetais ricos em ácidos graxos poli-insaturados, como o azeite de oliva extravirgem ou óleo de girassol ao preparar os alimentos, bem como nas saladas.

“As adequações e busca por uma alimentação mais saudável e a inclusão de alimentos funcionais, para aqueles que não possuem o hábito de acrescentá-los nas refeições, pode e deve ser feita gradativamente facilitando, assim, a total adaptação”, finaliza a nutricionista.

Alimentos funcionais para incluir na dieta

Cacau

O cacau ajuda a baixar o colesterol ruim (LDL), aumenta os níveis de colesterol bom (HDL) e produz hormônios, como enforfina e sorotonina, que é chamado de hormônio do bem-estar. “É uma das frutas que tem a maior quantidade de antioxidantes, mas, na hora de consumir, o ideal é dar preferência para produtos que tenham acima de 55% de Cacau na composição, pois é a partir dessa porcentagem que ele é considerado um alimento funcional”, explica a nutricionistra.

Apesar de ser muito conhecido no contexto do chocolate, o Cacau também pode ser utilizado no preparo de outras receitas substituindo, por exemplo, o achocolatado açucarado no preparo de uma bebida, um bolo, um shake, uma calda, um mousse e, até mesmo, em vitaminas.

Alfarroba

Pra quem possui sensibilidade ao glúten ou a lactose, a alfarroba é uma ótima alternativa ao cacau, pois, além de não possuir esses ingredientes, ela também é livre de cafeína e teobromina. Para a nutricionista Flávia, a troca do cacau pela alfarroba pode ser feita sem nenhum prejuízo, “é tudo uma questão de paladar, cada pessoa escolhe consumir o que melhor lhe agrada”.

O fato de possui um sabor bastante semelhante ao do cacau, torna o consumo da alfarroba muito mais fácil e prático. Basta usá-la como alternativa ao cacau no preparo de bolos, caldas, mousses etc.

Goji Berry

Outro alimento funcional rico em antioxidades é a goji berry. Famosa no combate aos radicais livres, a fruta contribui para o bom funcionamento do cérebro, do coração e do sistema nervoso, além de ajudar a equilibrar os níveis de colesterol. “A goji berry é rica em vitamina C e tem nutrientes importantes que ajudam a equilibrar o organismo. Neste sentindo, podemos dizer que ela é uma fonte completa de proteínas” complementa a nutricionista.

A goji berry pode ser consumida como a fruta desidratada, mas também pode ser acrescentada em caldas para servir com assados, bolos e iogurtes. Tudo depende da criatividade!

Maca Peruana

Esse tubérculo também tem recebido destaque entre os alimentos funcionais. O consumo da Maca Peruana é ideal par quem pratica esporte, pois, além de ser uma fonte rica em aminoácidos, ela também fornece mais energia e disposição, aumenta a libido e, inclusive, a fertilidade.

“A maca tem um sabor parecido com o amendoim, por isso, você pode utilizá-la em um mix de castanhas e servir com bolos, ou mesmo com sorvete. Também pode ser incluída em sopas, massa de pães e bolos”, sugere a nutricionista Flávia.

Levedo de Cerveja

É recomendável pra quem tem um alto nível de atividade física e mental e também para quem quer melhorar a concentração. Ele também ajuda a fortalecer a raiz dos cabelos, evitando a queda. Como o seu sabor é bastante acentuado, é bom adicioná-lo no preparo de vitaminas, shakes ou mesmo batido com outras frutas. “Para quem está estudando para concurso ou vestibular, o levedo de cerveja é ideal”, sugere Flávia.

Yacon

Esse alimento ajuda no controle dos níveis de glicose no sangue, por isso é bastante indicado para quem tem diabetes. “O yacon tem um sabor leve e adocicado, parecido com uma pera. Portanto, pode ser utilizado no preparo de pratos com sabor mais doce, como vitaminas, sucos, shakes, ou acrescentado em iogurtes, caldas e bolos”, indica a nutricionista.

Sugestão Jasmine

Segundo a nutricionista funcional Flávia Sguario, alimento funcional é aquele que vai além de nutrientes básicos, oferecendo também propriedades nutricionais que auxiliam no combate e na prevenção de doenças. “Os alimentos funcionais podem ser incluídos na alimentação a partir do momento que existe o desejo de se obter mais energia, ou mesmo, de incluir mais nutrientes no cardápio. Eles servem como complementos alimentares, ajudando a melhorar a qualidade de vida e a qualidade nutricional”.

Quando o assunto é alimentação saudável, é preciso estar atento a todos os alimentos que podem trazer benefícios complementares à saúde. Por isso, criamos a linha Funcionallis, que traz 100% de ingredientes funcionais, como o Cacau, a Afarroba, a Goji Berry, a Maca Peruana, o Levedo de Cerveja e o Yacon, na versão em pó ou fruta desidratada, para facilitar o consumo diário. Afinal, praticidade é uma questão importante quando se fala em manter bons hábitos alimentares, principalmente na correria do dia a dia.

Para Flávia, os produtos da linha Funcionallis são ideais para o consumo em geral e, principalmente para quem faz grande parte das refeições fora de casa. “Os produtos podem ser consumidos por qualquer pessoa e, o fato de serem em pó ou a própria fruta desidratada, facilita na hora de levar para o trabalho, por exemplo, pois é possível colocar em pequenos potes e carrega-los na bolsa ou mochila”, explica a nutricionista. “No caso dos produtos em pó, o ideal é adicionar ao iogurte, misturar em um copo de leite ou suco, misturar com uma fruta amassada, ou adicionar em uma sala de frutas. A praticidade deles é fundamental”, completa.

Gostou de saber sobre os benefícios dos alimentos funcionais para a saúde? Aproveite para incluir diferentes produtos com essa característica formas no cardápio diário. Temos em nosso portfólio a Chia Em Grãos, a Farinha de Chia Estabilizada e a Linchia. Temos também a Farinha de Linhaça Dourada Estabilizada e a Farinha de Linhaça Marrom Estabilizada, que mantêm todos os nutrientes mesmo após a trituração. E ainda o  Arroz Integral Cateto e o Arroz Integral Agulhinha, que são fontes de energia, proteínas e com baixo teor de gorduras e rico em carboidratos.

 


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!