Fale Conosco
ansiedade
ansiedade

Alimentos que combatem a ansiedade

por jasmine
em 02/08/2017

O Brasil tem a taxa mais alta de transtorno de ansiedade do mundo e está em quinto lugar em casos de depressão, segundo a Organização Mundial da Saúde.  Ao todo, 9,3% dos brasileiros são afetados pela ansiedade. A verdade é que é preciso cuidar da mente e do corpo de todas as formas— inclusive com a alimentação. Felizmente, alguns alimentos podem ajudar a reduzir os sintomas dessa doença no dia a dia.

LEIA MAIS
4 alimentos que fazem bem para o coração
LEIA MAIS
Cansaço excessivo: As causas e como lidar com essa epidemia

Segundo a nutricionista Jamilla Barros Saygli, quando o objetivo é controlar a ansiedade, deve-se seguir uma alimentação balanceada rica em nutrientes, além de manter hábitos saudáveis, como a prática regular de atividades físicas. Esse é o pacote que favorece o equilíbrio do nosso organismo, como diz a sabedora popular: “mente sã, corpo são”.

Como reduzir a ansiedade: escolha bem os alimentos

Confira quais são os alimentos que colaboram para a saúde física e mental.

Frutas cítricas

A vitamina C, presente em frutas como kiwi, limão e laranja, diminui a secreção do hormônio cortisol, que é liberado em resposta ao estresse e à ansiedade. Por isso, o consumo regular desses alimentos ajuda no bom funcionamento do sistema nervoso e aumenta o bem-estar.

Mel

É um jeito natural de ajudar na produção da serotonina, um dos neurotransmissores que causam a sensação de prazer e bem-estar.

Alface

Assim como outras folhas verdes, a alface é rica em duas substâncias que agem como calmantes no nosso cérebro: a lactucina e o folato.

Salmão

Esse peixe de água fria é uma das maiores fontes de ômega 3, que é um antidepressivo natural e protege o cérebro. Também é rico em magnésio, que estimula o relaxamento do nosso corpo e reduz o estresse.

Oleaginosas

Boas fontes de magnésio, castanhas, nozes e amêndoas ajudam a bloquear um receptor chamado NMDA, responsável por causar ansiedade e estresse.

Cereais integrais

A quinoa e outros cereais são fontes de carboidratos complexos. A glicose desses alimentos é liberada de forma lenta no organismo. Além de promover a saciedade, esse processo fornece energia constante para o cérebro e o corpo.

Arroz Integral

Outro exemplo de grão integral, o arroz é fonte de aminoácidos essenciais, que reduzem as mensagens no cérebro associadas com a ansiedade, depressão e estresse, o que promove de bem-estar. Por ser fonte natural de melatonina, o hormônio do sono, é boa opção para quem sofre de insônia.

Queijos

O leite e seus derivados contêm um aminoácido chamado triptofano, que promove o bom humor e a sensação de relaxamento.

Kefir

Assim como outros fermentados, esse alimento possui probióticos que colaboram para a diminuição da ansiedade, além de colaborar para a saúde do intestino.

Abacate

O abacate é uma das principais fontes de vitaminas do complexo B. A carência desses nutrientes pode prejudicar as células cerebrais e, assim, provocar a ansiedade.

Banana

É a fruta que mais concentra potássio, mineral que fortalece do sistema nervoso e controla os transtornos de ansiedade e estresse.

Chocolate

A sensação de prazer que o chocolate promove não é apenas subjetiva. Isso acontece porque o cacau ajuda a reduzir os níveis de cortisol, hormônio que produz o estresse. O ideal é consumir chocolate amargo com pelo menos 70% de cacau.

Aveia

Um mingau de aveia pode ser um ótimo relaxante antes de dormir. Isso porque o alimento estimula a produção de hormônios que trabalham como antidepressivos no corpo. Também é fonte de vitaminas do complexo B, magnésio e fibras.

Berries

As frutas vermelhas, como goji berry, framboesa e morango, são potentes antioxidantes. Além disso, as frutinhas reduzem os níveis de cortisol e por isso, combatem a ansiedade.

Alimentos que pioram a ansiedade

Se por um lado há alimentos que promovem o bem-estar, por outro, há aqueles que podem afetar o controle emocional em algumas pessoas e aumentar a ansiedade.

Cafeína: É o principal componente nessa equação. Portanto, pessoas ansiosas devem evitar café, guaraná, chá preto, chá verde e outros estimulantes que possuem esse elemento em sua composição.

Gordura saturada: Presente em alimentos de origem animal, especialmente nas carnes, a gordura saturada pode provocar inflamações no organismo e prejudicar o sistema nervoso. Além disso, atua na liberação do cortisol, hormônio ligado ao estresse.

Bebidas alcoólicas: O álcool pode atrapalhar a absorção de vitaminas e minerais importantes para a liberação de neurotransmissores, que controlam o humor. Além disso, a euforia tem efeito rebote: a ressaca do dia seguinte piora os sintomas da ansiedade.

Carboidratos refinados: Alimentos ricos em farinha branca e açúcar estimulam a compulsão alimentar, porque geram satisfação muito rápida e picos de insulina. Para quem sofre de ansiedade, o processo estimula o desejo por comer mais fontes de carboidratos em pouco tempo.

Alimentos industrializados: São produtos ricos em aditivos químicos que estimulam processos inflamatórios e liberam cortisol.

Sugestão Jasmine

A Jasmine oferece produtos que ajudam a manter um hábito alimentar saudável. Desde as Frutas Crocantes, as Barras de Granola, as Superfrutas e o Arroz Integral até a PTS – Proteína Texturizada de Soja, o Grain Flakes de Soja e Linhaça e o Extrato de SojaConheça todos os nossos produtos.


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!

Formulário de contato financeiro

Formulário de contato logística

Formulário de contato compras

Formulário de contato comercial

Para falar com nossa assessoria envie e-mail
para: centralpress@centralpress.com.br

Para falar com o nosso time de Marketing envie e-mail para: mkt@ns-group.com

SAC/Atendimento ao consumidor 0800 701 8003

Seus dados estarão em segurança. A qualquer momento você poderá deixar de receber as nossas mensagens. Política de Privacidade