Fale Conosco

É possível diminuir o consumo de sal e açúcar? Especialistas comentam sobre a adaptação do paladar

por Jasmine
em 26 de março de 2020

É natural que você sinta vontade de comer um hambúrguer ou uma bomba de chocolate, mas é raro sentir vontade de comer especificamente agrião ou espinafre. Por mais que você saiba qual dos alimentos é o mais saudável, não parece ser esse o comando que o seu estômago envia para o cérebro na maioria das vezes.

Existe alguma razão pela qual as chamadas “fast foods” parecem ser mais atrativas para nós do que a comida saudável? Sim, existe. Não é à toa que tantas pessoas consideram difícil adaptar o paladar a uma dieta mais saudável depois de passar tanto tempo abusando dos doces e dos salgados.

Sal ou açúcar em excesso pode ser um vício: você é dependente?

A explicação da ciência para isso é que tudo é, literalmente, uma questão de gosto. Quando nos acostumamos a comer alimentos ricos em sal ou ricos em açúcar nosso paladar rapidamente se acostuma a esses excessos e os considera “normais”. Em outras palavras, o corpo passa a pedir por comidas com gosto mais intenso e ignora aquelas com gosto mais suave.

É como se fosse um vício: para que o paladar se sinta saciado, ele requer quantidades cada maiores ou mais regulares de sal e açúcar. É por isso que você sente uma vontade incontrolável de comer um chocolate ou um hamburguer, pois esses alimentos são naturalmente mais gordurosos, doces ou salgados do que qualquer comida natural.

Porém, não são apenas o sal e o açúcar os vilões nesta equação. Alimentos industrializados têm conservantes e aditivos químicos incorporados na fabricação, com o objetivo de realçar o sabor e o aspecto da comida. Enquanto a natureza simplesmente faz o seu trabalho, sem excessos, as indústrias criam o oposto “perfeito” para proporcionar uma sensação de prazer.

É possível adaptar o paladar à alimentação saudável?

Mesmo aquelas pessoas que não têm dietas muito saudáveis sabem que os alimentos naturais são mais benéficos para o organismo do que os industrializados. Então, por que é tão difícil se adaptar e mudar o paladar? De fato, resistir a essas tentações é algo que requer paciência e força de vontade, algo que nem todos têm na mesma medida, por uma série de razões.

Porém, “reprogramar” o paladar é possível. Os primeiros dias, é claro, são os mais difíceis. Na primeira semana, por exemplo, por diversas vezes você terá que lutar contra a vontade de ingerir alimentos processados – e grande parte das pessoas não consegue resistir. Quando elas dão uma escapadinha, então é preciso começar tudo de novo.

Em linhas gerais, estima-se que as pessoas levem cerca de 15 dias para se adaptar a um novo paladar. É por essa razão que os trabalhos de reeducação alimentar atuam diretamente na redução gradual do consumo e não na supressão definitiva. As dietas mais rígidas são aquelas com maior probabilidade de falharem, por isso o ideal é fazer uma transição mais segura.

5 dicas para reduzir o consumo de sal e açúcar nas refeições

Não estamos dizendo que é uma tarefa fácil, mas é perfeitamente possível reduzir as quantidades de sal e açúcar na alimentação em menos de um mês. Para isso, listamos aqui cinco conselhos para você colocar em prática.

  1. Diminua as quantidades de sal e açúcar gradativamente. Onde você colocava duas colheres de sopa, coloque uma e meia. Depois de um tempo, reduza para uma; depois corte pela metade e assim por diante. No começo a percepção será mais aguçada, mas com o passar dos dias o paladar se acostuma.
  2. Beba água aromatizada. Beber água é fundamental, pois a sede também é uma sensação que pode despertar fome. Para evitar refrigerantes, opte por águas aromatizadas. Algumas rodelas de laranja ou limão são suficientes para dar um gosto refrescante às suas bebidas.
  3. Experimente outros sabores. Sentimos menos falta de sal ou açúcar quando exploramos novas possibilidades de paladar. Ao diminuir o sal, inclua temperos como manjericão, salsinha ou cebolinha na comida para experimentar um toque diferenciado de sabor.
  4. Troque o doce por uma salada de frutas. As frutas têm um elemento chamado frutose, que é literalmente o “açúcar das frutas”. Mais saudável, ele é uma opção para a alimentação daqueles que estão tentando evitar os doces.
  5. Teste novas receitas. Experimentar novas receitas é uma forma de manter seu paladar ativo e longe da saudade do sal e do açúcar consumidos diariamente. No site da Jasmine você encontra dezenas de receitas de pratos com muitos ingredientes naturais e quase nada de sal ou açúcar.  

Que tal começar a experiência de reduzir o sal e o açúcar da alimentação hoje mesmo? Faça o teste: a sua saúde agradece.


Compartilhe
Assine nossa newsletter para receber artigos exclusivos como esse
Newsletter

Faça parte desse movimento pela alimentação consciente!